Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quinta-feira 26 Novembro |
São Silvestre Guzzolini
home iconAtualidade
line break icon

Desconsiderando o pai na família

© DR

Giuliano Guzzo - publicado em 30/09/14

Na Suécia, mais um ataque à família e ao bem-estar das crianças

Pode-se privar uma criança do direito de ter um pai? Na Suécia, pensa-se que sim, e parece que o governo está decidido a discutir uma proposta para estender o recurso à fertilização in vitro também para mulheres solteiras. A prática, que será saudada como o mais um triunfo da autodeterminação feminina, deve levar cerca de 2.000 mães solteiras às equipes médicas, que terão a tarefa de verificar se elas possuem os requisitos para se tornarem mães confiáveis. Na esperança que esta proposta nunca se torne realidade – e contando com os perigos da fertilização in vitro, que envolve riscos para as crianças, como partos prematuros (Hum Reprod Update, 2013), má-formação (Int J Fertil Steril, 2013), baixo peso e consequentes riscos de mortalidade (Hum Reprod, 2013) – as considerações críticas são pelo menos três.

A primeira é em relação ao paradoxo de confiar em uma autorização que irá tirar das crianças a possibilidade de ter um pai: a ausência da figura paterna é um elemento desestabilizador. Uma vez que jovens provenientes de famílias sem pai representam 63% dos suicídios nos tempos atuais (US Dept. of Health & Human Services, Bureau of the Census), 71% das adolescentes grávidas (US Dept. of Health & Human Services), 85% das pessoas que apresentam transtornos no comportamento (Center for Disease Control), 75% dos pacientes adolescentes nos centros de usuários de drogas (Rainbows for all God`s Children) e 85% da juventude que se encontra nas prisões (Fulton Co. Georgia jail populations Texas Dept. of Corrections). Os médicos, portanto, podem se tornar corresponsáveis por um fato grave como a ausência da figura paterna na vida de uma criança

O segundo elemento crítico é o fato de que já hoje se registra um preocupante aumento no número de filhos destinados a crescer sem pai. Em uma grande capital europeia como Berlim, por exemplo, 134.000 núcleos familiares, sobre um total de 430.000, são compostos de mães solteiras e seus filhos (Cfr. Repubblica, 20/4/2011). Nos Estados Unidos, para facilitar aos filhos que não conhecem a identidade dos pais e, em particular o pai, chegou-se a pensar na iniciativa “Who’s Your Daddy”, onde através de teste de DNA se provaria tal identidade. Tem sentido, diante de um quadro de fragmentação afetiva tão vasto em sua gravidade, piorar a situação prevendo a possibilidade de mulheres solteiras conceberem um filho sem um pai?

A última consideração, de caráter generalizado, é a guerra aberta em favor da marginalizarão e da fragmentação da unidade familiar. Aqui não se trata de uma conspiração: é muito pior. Esta guerra se combate à luz do sol, subjugando sistematicamente o direito ao desejo, a ordem natural à ordem artificial. Lembremos que a nossa batalha é para que tantos filhos não tenham negado o direito de ter um pai. Este pai que talvez não busquem no início da vida, mas que tem fundamental importância na vida da criança, adolescente, jovem, enfim, da pessoa.

Tags:
FamíliaFilhosMaternidadePaternidade
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
MARYJA
Philip Kosloski
A melhor oração mariana para quando você prec...
Papa Francisco com máscara contra covid
Reportagem local
As 3 “covids” do Papa Francisco
WEB2-COMMUNION-EUCHARISTIE-HOSTIE-GODONG-DE354465C-e1605635059906.jpg
Reportagem local
Internado na UTI, Pe. Márlon Múcio continua c...
pildorasdefe.net
Por que você não vai para frente? Talvez este...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Confissão não é para contar problemas, mas para contar pecados
Pe. Gabriel Vila Verde
Confissão não é para contar problemas, mas pa...
RED WEDNESDAY
Reportagem local
Perseguição aos cristãos no mundo é denunciad...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia