Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quarta-feira 25 Novembro |
São Pedro Yi Ho-Yong
home iconAtualidade
line break icon

Israel bombardeia posições do Hezbollah no sul do Líbano

<p>Combatentes rebeldes se concentram nas colinas sírias de Qalamun, perto da fronteira com o Líbano, em 22 de setembro de 2014</p>

AFP - publicado em 08/10/14

O último ataque contra soldados israelenses reivindicado pelo movimento xiita libanês ocorreu em março

A artilharia israelense bombardeou duas posições do Hezbollah no sul do Líbano, em represália por um ataque reivindicado pelo movimento xiita libanês que deixou dois soldados israelenses levemente feridos.

Segundo as informações fornecidas pelo Exército de Israel e pelo Hezbollah, o grupo xiita atacou uma patrulha israelense com um artefato explosivo no início da tarde na região das Fazendas de Shebaa, na fronteira.

Outro artefato explodiu depois, de acordo com o Exército israelense, mas não deixou feridos.

O setor das Fazendas de Shebaa (Har Dov, em hebraico) é uma região montanhosa de 25 km2 situada na fronteira entre o Líbano e a Síria. Ele foi conquistado por Israel em 1967 e o Líbano reivindica sua soberania.

A organização xiita libanesa assumiu a autoria de um atentado atribuído em um comunicado ao "grupo do mártir Hassan Ali Haidar da Resistência Islâmica (Hezbollah)".

Haidar, integrante do Hezbollah, morreu no dia 5 de setembro quando desmontava um artefato de espionagem israelense no sul do Líbano.

O último ataque contra soldados israelenses reivindicado pelo movimento xiita libanês ocorreu em março, quando uma bomba explodiu na passagem de um veículo blindado israelense sem deixar feridos, perto de Shebaa.

"O governo libanês e o Hezollah são diretamente responsáveis por esta violação flagrante da soberania israelense", indicou em um comunicado Peter Lerner, porta-voz do Exército israelense. As forças israelenses "responderam a essa agressão não provocada contra suas forças e manterão as operações para que a fronteira norte de Israel seja segura".

O Departamento de Estado americano "condenou com veemência" o ataque do Hezbollah, considerado uma organização "terrorista" por Washington.

Os incidentes são frequentes ao longo da Linha Azul, que fixa a fronteira entre Israel e Líbano. Ela foi traçada pela ONU depois da retirada israelense em 2000, que pôs fim a 22 anos de ocupação do sul do Líbano.

Tags:
Mundo
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
MARYJA
Philip Kosloski
A melhor oração mariana para quando você prec...
pildorasdefe.net
Por que você não vai para frente? Talvez este...
Medalha de São Bento
pildorasdefe.net
Oração a São Bento para afastar o mal e pedir...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Reportagem local
Oração para afastar o mal de um recinto
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
FATHER PIO
Maria Paola Daud
Quando Jesus conversou sobre o fim do mundo c...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia