Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quinta-feira 26 Novembro |
São Silvestre Guzzolini
home iconAtualidade
line break icon

Chefe do Executivo de Hong Kong acusa 'forças estrangeiras' de envolvimento em manifestações

<p>Manifestantes exibem um boneco de Leung Chun-Ying no distrito de Mongkok</p>

AFP - publicado em 20/10/14

O chefe do Executivo de Hong Kong acusou "forças estrangeiras" de envolvimento nas manifestações pró-democracia que paralisam parte da ex-colônia britânica, uma denúncia rebatida de maneira imediatada por seus críticos.

Leung Chung-ying declarou que "forças estrangeiras" atiçam as chamas do movimento pró-democracia, que desde 28 de setembro levou às ruas dezenas de milhares de manifestantes. Três pontos do território permanecem paralisados.

O chefe de Governo local não identificou as forças estrangeiras, no entanto.

"Não vou entrar em detalhes, mas não é um movimento totalmente interno", disse.

A imprensa oficial da China acusa "forças anti-chinesas", como os Estados Unidos, de manipulação dos manifestantes. Pequim advertiu contra qualquer interferência estrangeiras nos protestos de Hong Kong.

Os líderes do movimento pró-democracia responderam rapidamente as acusações do chefe do Executivo local.

Eles afirmaram que a motivação do grupo é o desejo de liberdades democráticas e o descontentamento com as desigualdades econômicas crescentes.

"Meus vínculos com o exterior se limitam a meu telefone de marca sul-coreana, meu computador americano e meu Gundam japonês (uma série de desenhos animados sobre robôs). E com certeza tudo isto é ‘Made in China’", ironizou Joshua Wong, um dos líderes estudantis.

Alex Chow, presidente da Federação de Estudantes de Hong Kong, desafiou Leung a apresentar exemplos concretos de suas acusações.

"Está claro que deseja atacar o movimento ao chamá-lo de revolução colorida", disse Chow, que usou uma expressão de Pequim para designar um movimento político financiado pelo exterior.

"Espero que, como chefe do Executivo, responsável por seus atos, apresente evidências para provar suas acusações", completou.

Leung, considerado pelo movimento pró-democracia um fantoche de Pequim, afirmou que as manifestações escaparam de qualquer controle e defendeu um "acordo pacífico e sensato do problema".

Novos confrontos no domingo entre policiais e manifestantes deixaram 20 feridos.

O governo propôs uma nova reunião na terça-feira com os estudantes, líderes do movimento. Mas analistas consideram improvável que Pequim faça concessões.

Os manifestantes querem a renúncia de Leung Chun-ying e a instauração de um verdadeiro sufrágio universal no território autônomo, que passa pela crise mais grave desde sua devolução à China em 1997.

A China aceitou o princípio de sufrágio universal para a eleição do próximo chefe do Executivo em 2017, mas pretende controlar o processo eleitoral e conservar o direito de veto das candidaturas.

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
MARYJA
Philip Kosloski
A melhor oração mariana para quando você prec...
Papa Francisco com máscara contra covid
Reportagem local
As 3 “covids” do Papa Francisco
WEB2-COMMUNION-EUCHARISTIE-HOSTIE-GODONG-DE354465C-e1605635059906.jpg
Reportagem local
Internado na UTI, Pe. Márlon Múcio continua c...
pildorasdefe.net
Por que você não vai para frente? Talvez este...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Confissão não é para contar problemas, mas para contar pecados
Pe. Gabriel Vila Verde
Confissão não é para contar problemas, mas pa...
RED WEDNESDAY
Reportagem local
Perseguição aos cristãos no mundo é denunciad...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia