Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Segunda-feira 29 Novembro |
São Saturnino de Cartago 
Aleteia logo
Estilo de vida
separateurCreated with Sketch.

Qual foi a contribuição do cristianismo para a ética médica?

@DR

Aleteia Vaticano - publicado em 22/10/14


Apesar das correntes ideológicas posteriores, contrárias à cultura cristã, seus ensinamentos e doutrinas continuam vigentes e é frequente que sejam retomados por muitos autores, instituições e pela pedagogia do magistério da Igreja.

Rumo a uma cultura bioética

Nas últimas décadas, as aceleradas mudanças por meio da ciência não foram alheias ao campo da medicina e isso apresentou novos desafios e circunstâncias que requerem uma reflexão sobre sua missão.

Vemos, além disso, que são muitos os autores que refletiram sobre a necessidade de regular estas mudanças por meio dos princípios éticos e dos valores morais. É assim que surgiu com mais força, na década de 70, a bioética como uma ciência “ponte”, que une as ciências biológicas às ciências humanas.

Tradicionalmente, foi concebida como o estudo sistemático do comportamento humano no âmbito das ciências da vida e da saúde, analisadas à luz dos valores e princípios morais.

Desde o seu surgimento, contempla-se que seu objeto de estudo deve transcender o âmbito médico e não se centrar unicamente no ser humano, mas aplicar-se a todos os seres biológicos e ao cuidado do ecossistema em geral. No entanto, esta “bioética global”, como foi chamada, não poderia ser entendida a não ser em função e ao serviço do ser humano.

Podemos dizer que o homem se tornou o eixo central das reflexões desta nova disciplina. Como chegamos a esta conclusão? Por que dar tamanha relevância ao ser humano?

Para responder a estas perguntas, são iluminadoras as palavras de João Paulo II a um grupo de profissionais da saúde reunidos na Itália para um congresso de medicina: “A pessoa, de fato, é medida e critério de bondade ou de culpa em toda manifestação humana. O progresso científico, portanto, não pode pretender situar-se em uma espécie de terreno neutro. A norma ética, fundada no respeito à dignidade da pessoa, deve iluminar e disciplinar tanto a fase de pesquisa como a de aplicação dos resultados adquiridos mediante ela”.

Levando em consideração o anterior, é preciso voltar às raízes, recordar o legado ao longo da história, de onde a reflexão bioética recolheu grande parte das formulações da ética médica em seu início, além dos ideais hipocráticos de buscar o bem do homem; e, por último, as valiosas contribuições do cristianismo, que coloca a pessoa humana no centro e como fim do agir ético.

(Artigo publicado originalmente pelo Centro de Estudios Católicos)

  • 1
  • 2
Tags:
AbortoCristianismomedicinaVirtudes
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia