Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sábado 24 Fevereiro |
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Drama dos filhos que têm tudo… menos o amor dos seus pais

Adolescente con mirada triste – pt

© James Stewart

SIAME - publicado em 24/10/14

Conheça o trabalho de um padre que organiza retiros para jovens que não se sentem amados em casa

Há histórias que descrevem do drama dos jovens que só desejam uma coisa na vida: ter um pouco do carinho e atenção dos seus pais.

Um jovem (cuja identidade foi preservada) conta que recebia tudo dos seus pais, inclusive um carro de luxo, mas, desesperado por não receber a atenção que queria deles, tentou se suicidar.

Estas situações tão amargas se tornam cada vez mais frequentes entre as famílias, principalmente das grandes cidades. É por isso que um sacerdote mexicano resolveu organizar retiros espirituais dedicados a jovens que sentem que seus pais os abandonaram afetivamente.

Este abandono afetivo dos pais é uma problemática da modernidade; muitas vezes, os jovens acabam decidindo realizar ações desesperadas e radicais, como atentar contra a própria vida, na tentativa de chamar a atenção dos progenitores, que muitas vezes vivem obcecados com a busca de dinheiro, sucesso na carreira e vida social.

Os pais podem dar tudo aos filhos: carros, jogos, viagens, roupas, dinheiro, mas correm o risco de se esquecer do principal: o carinho.

É por isso que o Pe. Guillermo Vázquez Pérez decidiu organizar este retiro gratuito para jovens de 17 e 18 anos. O sacerdote conta que ouve com muita frequência histórias como a do jovem citado no começo do artigo, que, com dor, disse ao seu pai: “Você me deu tudo, menos o seu carinho!”.

A intenção do próximo retiro, que será realizado em novembro, é oferecer aos jovens um lugar para compartilhar o sentido da vida. “Que saibam que têm um espaço no qual serão ouvidos e encontrarão os elementos que a Igreja oferece para buscar o diálogo com seus pais ou tutores, além de integrar-se à pastoral juvenil da nossa paróquia”, comentou o Pe. Guillermo.

O sacerdote ouviu outro jovem que se envolveu com o álcool, mas que relata: “Meu problema não é o álcool; meu verdadeiro problema é a solidão que sinto, porque meus pais têm bons empregos, me dão tudo, até dinheiro para consertar minha caminhonete, mas são coisas que só servem para a minha perdição. O que eu realmente gostaria de ouvir da minha mãe é: ‘eu te amo’”.

O retiro é totalmente gratuito. O Pe. Guillermo conta que, como a maioria dos jovens quer participará do retiro é batizado, serão abordados temas como “A criação”, “Você é importante para a vida”, “A vida tem sentido”, entre outros.

“Vamos lhes apresentar nossa Igreja e os convidaremos a integrar-se à comunidade paroquial”, conclui o sacerdote.

(Artigo publicado originalmente por SIAME)

Tags:
AmorFilhosPaternidade
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia