Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sábado 18 Setembro |
São José de Cupertino
home iconEstilo de vida
line break icon

Seu marido também reluta em optar pelo planejamento familiar natural?

See-Ming-Lee-CC

Amy Schroeder - publicado em 30/10/14

Para tornar as coisas ainda mais confusas na minha cabeça, a nossa igreja local não nos dava orientações claras sobre o PFN. Mas Deus é fiel. Se, desde o início do século XX, boa parte dos protestantes deixaram de lado o que muitos viam como um ensinamento antiquado, a Igreja católica, mesmo pressionada por laicistas e até mesmo por uma boa parcela dos próprios católicos, permanecia firme no seu ensinamento.

Eu mesma estive a ponto de me convencer de que a contracepção era uma boa ideia, pelo menos até que nos considerássemos prontos para ter o primeiro filho, mas aquela “vozinha interior” não me deixava tranquila. Ela ecoava as palavras de Provérbios 3,5: "Confia no Senhor de todo o coração e não te apoies no teu próprio entendimento". Eu não entendia direito. Mas Deus, através da sabedoria da sua Igreja, me dizia que a contracepção não era o caminho certo para “ficar mais feliz”.

"Prove", disse Jim. "Provar o quê?", perguntei. "Prove para mim que este método vai funcionar". Meu marido racional queria argumentos científicos. Não era o que eu tinha em mente, mas reuni as informações que pude e o convenci a participar de uma palestra de apresentação do PFN. Naquele dia crucial, enquanto íamos para essa palestra sobre o Modelo Creighton de Planejamento Familiar Natural, eu fiz uma oração silenciosa no carro e apertei com carinho o braço dele, agradecida, para incentivá-lo.

Apesar do mal-estar geral daquele dia, eu estava muito grata a ele pela boa vontade de ir até lá comigo. O Modelo Creighton de PFN, desenvolvido pelo Dr. Hilgers, do Instituto Papa Paulo VI para o Estudo da Reprodução Humana e do Centro Nacional de Saúde da Mulher, é considerado 99% eficaz em evitar a gravidez. Esse percentual é mais alto que o da maioria dos anticoncepcionais, incluindo os preservativos e a pílula. Jimmy não estava 100% convencido de que o método funcionava, mas, depois de muita deliberação e apesar da grande hesitação, ele concordou, com amor inabalável: ele iria tentar por causa da importância que aquilo tinha para mim.

Passaram-se seis anos. Nós conseguimos usar com sucesso o modelo Creighton para prevenir a gravidez até nos considerarmos prontos para iniciar a nossa família. Mas, um ano depois, eu ainda não tinha engravidado. Questionei então a Deus: por que Ele não estava cooperando com o meu grande plano? Afinal, eu não estava fazendo o meu melhor para seguir as regras dele? Egoísta e orgulhosa, agora era eu quem estava em dúvida. Foi um ano difícil para mim, emocional e espiritualmente, porque eu não estava confiando no tempo de Deus, mas tentando tomar o controle daquilo que não estava sob o meu controle.

Oito anos e seis filhos depois, eu me sinto abençoada muito além dos meus sonhos. Os nossos cinco meninos carinhosos e ativos e a nossa filha amorosa e encantadora dão a mim e ao meu marido uma alegria indescritível, desafios contínuos, e, com a sua mera existência, nos impelem a olhar para além de nós mesmos, em busca do mundo eterno que nos espera. As lições aprendidas e as graças recebidas ao longo deste caminho nos mostraram que os desafios não devem ser temidos, mas abraçados.

Recentemente, eu assisti a uma palestra do pe. Robert Barron sobre o porquê de Deus ter nos criado. Em essência, cada um de nós está aqui porque Ele nos amou a ponto de nos fazer ser. Embora eu já tivesse ouvido e lido isso de muitas formas nas escrituras e em homilias ao longo dos anos, aquele momento em particular me tocou com uma nova luz. Eu estou aqui porque Deus me amou a ponto de me fazer ser! Os meus filhos estão aqui porque Deus os amou a ponto de os fazer ser! Esta é a única razão. Não é para satisfazer imagens terrenas ou para atingir certos padrões de sucesso. E se a única razão pela qual estou aqui é porque Ele me amou a ponto de me fazer ser, então eu devo tudo a Ele. Devo-lhe a minha vida! E "quem quiser salvar a sua vida a perderá, mas quem perder a própria vida por amor de mim a encontrará" (Lucas 9,24).

O Planejamento Familiar Natural me ajuda a crescer em virtude todos os dias. Ao contrário do que o mundo me diz, a prática do PFN me abre as portas para uma verdadeira felicidade. É um lembrete de que eu posso usar os dons que Deus me deu para tomar boas decisões com o meu livre arbítrio, e de que é Deus, em última análise, o único que está mesmo no controle. O plano de Deus é muito melhor do que o meu. Já ouvi dizer que a obediência é possível sem amor, mas o verdadeiro e fiel amor não pode existir sem obediência. Só Deus sabe se a nossa família vai continuar crescendo em tamanho, mas eu acredito que, por sermos obedientes, ela vai sempre crescer em amor. Deus nos derramou tremendas bênçãos; agora nós temos que usá-las para que o seu Bem traga mais gente para o Reino, traga mais alegria como fruto da entrega diária das nossas vidas a Ele e à sua vontade e traga mais significado e transcendência para todos nós, em meio às nossas lutas.

  • 1
  • 2
Tags:
CasamentoFilhosSaúde

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
BEATRIZ
Reportagem local
Mistério do sumiço de uma mulher em Aparecida já dura 9 anos
2
Pe. Zezinho
Reportagem local
Pe. Zezinho faz alerta sobre orações de cura e libertação
3
Orfa Astorga
Os erros mais comuns das sogras
4
Papa Francisco pede homilias mais curtas
Francisco Vêneto
Papa Francisco pede aos padres: façam homilias mais curtas
5
Papa Francisco
Francisco Vêneto
Papa reafirma: casamento sacramental é só entre homem e mulher
6
Berthe and Marcel
Lauriane Vofo Kana
O segredo do casal que tem a união mais longa da França
7
tentativa suicídio depoimento
Reportagem local
EM IMAGENS: A cara da depressão profunda e do suicídio é não ter ...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia