Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Segunda-feira 10 Maio |
home iconAtualidade
line break icon

Soldados americanos expostos a armas químicas no Iraque serão examinados

<p>O secretário da Defesa, Chuck Hagel, é visto em 26 de setembro de 2014</p>

AFP - publicado em 31/10/14

O Exército americano proporá novos exames médicos aos soldados que foram expostos a armas químicas no Iraque, após a invasão de 2003 – informaram porta-vozes do departamento americano da Defesa nesta quinta-feira.

O secretário da Defesa, Chuck Hagel, pediu às Forças Armadas americanas que se assegurem de que as tropas afetadas por armamento químico "estejam recebendo o cuidado e o apoio de que precisam" – disse o porta-voz do departamento, contra-almirante John Kirby.

O anúncio responde a uma reportagem publicada este mês no jornal "The New York Times", segundo a qual pelo menos 17 soldados americanos teriam sido expostos a agentes químicos no Iraque durante a ocupação americana do país, até 2011, e que foram "aconselhados" a manter o assunto em sigilo.

Hagel disse estar "preocupado com as informações" sobre essas supostas ordens, motivo pelo qual denúncias sobre o sigilo serão investigadas. Na nota divulgada nesta quinta-feira, Kirby frisou que o secretário espera "clareza sobre a veracidade dessas afirmações".

Antes da invasão americana ao Iraque, em 2003, o então presidente George W. Bush insistiu em que o regime de Bagdá, comandado por Saddam Hussein, escondia armas de destruição em massa.

Embora as forças americanas nunca tenham encontrado provas de um programa ativo, teriam descoberto restos de um arsenal químico antigo, segundo o artigo do NYT. Citando oficiais, veteranos de guerra e documentos do governo, o jornal afirma que, em geral, os militares não estavam treinados, nem equipados para lidar com esse material.

Ainda de acordo com o NYT, os militares americanos descobriram cinco mil ogivas e bombas com agentes químicos, mas tudo foi mantido em segredo.

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Top 10
1
Bebê anjo
Reportagem local
“Tchau, papai”: as últimas palavras que Maurício ouvi...
2
ARGENTINA
Esteban Pittaro
Polícia interrompe missa de Primeira Comunhão ao ar livre
3
ELDERLY,WOMAN,ALONE
Aleteia Brasil
O pe. Zezinho e a mãe que espera há 30 anos, sem sucesso, pelo pe...
4
PADRE PIO
Philip Kosloski
A oração que Padre Pio fazia todos os dias ao Anjo da Guarda
5
Reportagem local
Triste, surpreendente, inspirador: o drama e o recomeço da menina...
6
Sangue de São Januário ou San Gennaro
Francisco Vêneto
Milagre do sangue de São Januário volta a ocorrer em Nápoles
7
OPERA SINGER
Cerith Gardiner
Cantora de ópera faz apresentação incomum e homenageia Maria e as...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia