Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Domingo 29 Novembro |
Bem-aventurados Dionísio da Natividade e Redento da Cruz
home iconAtualidade
line break icon

China e Japão tem primeira reunião em três anos

<p>O presidente da China, Xi Jinping (D), aperta a mão do primeiro-ministro japonês Shinzo Abe durante encontro em Pequim</p>

AFP - publicado em 10/11/14

Uma reunião entre o primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, e o presidente chinês, Xi Jinping, aconteceu nesta segunda-feira em Pequim à margem do Fórum de Cooperação Econômica Ásia Pacífico (APEC), retomando o diálogo bilateral de alto nível após anos de animosidade.

"Muitos países esperavam esta reunião entre Japão e China, e não apenas as nações asiáticas. Penso que demos um primeiro passo para melhorar as relações bilaterais", declarou Abe após o encontro, o primeiro desde dezembro de 2011.

Abe disse esperar que o encontro estabeleça o início de um "retorno a uma relação mutuamente benéfica baseada nos interesses estratégicos comuns".

O encontro aconteceu em um prédio oficial e durou quase 30 minutos.

Abe propôs a criação de um mecanismo de comunicação marítima para evitar incidentes nas ilhas em disputa entre Japão e China.

Além das disputas históricas, a nacionalização pelo Estado nipônico em 2012 de três ilhas do arquipélago Senkaku no mar da China oriental provocou o aumento da tensão. Os territórios são administrados há muito tempo pelo Japão, mas são reivindicados por Pequim com o nome de ilhas Diaoyu.

Sem esquecer as divergências territoriais, as duas maiores potências asiáticas anunciaram na sexta-feira que chegaram a um acordo para "retomar progressivamente o diálogo político, diplomático e na área da segurança".

Apesar das disputas, Abe sempre destacou a importância de manter vínculos com a potência vizinha, "para um desenvolvimento conjunto".

As relações do Japão com o países vizinhos continuam marcadas pela recordação das atrocidades atribuídas às tropas imperiais durante a ocupação parcial da China (1931-1945) e a colonização da península coreana (1910-1945).

As visitas frequentes de parlamentares e ministros japoneses ao santuário Yasukuni de Tóquio, um local de culto criticado por Pequim e Seul, que o consideram um símbolo do passado militarista nipônico, servem apenas para aumentar a tensão.

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
POPE URBI ET ORBI
Reportagem local
Bênção Urbi et Orbi do Papa Francisco nesta s...
Folheto divulgado por Antônio Carlos da Silva
Reportagem local
Eu nasci mais ou menos em 1988: os 27 anos da...
READING
Gelsomino Del Guercio
3 regras fundamentais para os leitores da mis...
SANTUÁRIO DE APARECIDA INTERIOR BASÍLICA
Reportagem local
Suposto surto de covid-19 entre padres do San...
Jesús V. Picón
Padre com câncer terminal: perde os olhos, ma...
FATIMA
Philip Kosloski
Nossa Senhora de Fátima tem um conselho para ...
Medalha Milagrosa verdadeira ou falsa
Reportagem local
Cuidado: saiba distinguir entre a real Medalh...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia