Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sábado 08 Maio |
Bem-aventurado Antonio Bajewski
home iconEstilo de vida
line break icon

Vídeos que enfeitam o aborto: veja como a maior rede abortista ilude as gestantes fragilizadas

Jason-Taellious-CC

Theresa Bonopartis - publicado em 12/11/14

Confira também alguns vídeos reais que mostram como é um aborto de verdade

Encontrei faz poucos dias, no site da maior organização abortista norte-americana, a Planned Parenthood, um vídeo chamado "In-Clinic Abortion Procedure" [O procedimento do aborto na clínica], que tem enganado adolescentes e mulheres adultas desde que foi publicado em 2010.

O vídeo, que parece destinado principalmente ao público adolescente, tenta explicar o que acontece quando se opta por “interromper a gravidez”. O pequeno filme pode ter sido produzido como forma de reação a outros vídeos divulgados na internet, filmados por câmeras escondidas e divulgados pela organização Live Action para denunciar como a Planned Parenthood explora a vulnerabilidade das jovens gestantes, bem como as mentiras descaradas que a Planned Parenthood conta para vender seus procedimentos de aborto. Sem falar no fato de que a Planned Parenthood facilitou abusos sexuais, estupros e tráfico humano para fins de prostituição ao se omitir e deixar de denunciar os criminosos às autoridades.

A cena de abertura do vídeo mentiroso da Planned Parenthood mostra rostos sorridentes. Heim? Sorridentes? Não importa o quanto as “clientes” se sintam “seguras” a respeito da legalidade e da suposta moralidade do aborto: o fato é que não há sorrisos no rosto de clientes do aborto. A cena inteira é irreal: ela não tem nenhuma semelhança com a experiência vivida na prática, dentro das clínicas da Planned Parenthood, pelas milhares de mulheres com quem eu mesma trabalhei na pastoral de acolhimento das mulheres que fizeram aborto aqui nos Estados Unidos.

O vídeo começa mostrando uma jovem mulher que procura o serviço de aborto. A Planned Parenthood lhe diz: "É importante que esta decisão seja inteiramente sua". Este é um ponto de partida chocante, considerando-se o que realmente acontece nas estruturas da Planned Parenthood, cujas clínicas já foram denunciadas por acobertar abusos sexuais contra menores e por permitir que gestantes fragilizadas fossem coagidas ao aborto por namorados, pais e maridos.

Uma vez que a decisão foi “tomada” e que o processo do aborto foi vagamente explicado, a cliente do filme sorri para a mãe dela. A mãe sorri de volta e, tranquilamente, pega uma revista de sala de espera… Este é mais um momento de ternura fictício. A maioria das adolescentes que chega às clínicas da Planned Parenthood não tem orientação dos pais e, em muitos casos, está lá sem sequer o conhecimento deles. A adolescente do vídeo segue então, com toda a confiança, da sala de espera para o local em que o aborto vai ser realizado.

A sala de recuperação, mostrada no vídeo, também parece serena e limpa, muito diferente dos recintos das clínicas da realidade, tomados por gemidos, soluços e dor das mulheres e meninas que acabaram de realizar o “procedimento”.

Sabemos que a instituição Planned Parenthood foi construída sobre os alicerces do engano; por isso, não é nenhuma surpresa que as mentiras sejam a base deste vídeo também. Mas é preocupante que as jovens sejam influenciadas por esse tipo de recurso e induzidas a tomar uma decisão que vai afetar toda a sua vida, num momento de desespero, querendo acreditar que o aborto seja a melhor solução para uma gravidez não planejada.

No final, o vídeo menciona a possibilidade de problemas graves, mas garante que eles são "muito raros". O filme citam alguns sintomas que pedem atenção, mas não explica as possíveis (e graves) consequências destes sintomas.

"As mulheres, às vezes, fazem escolhas difíceis porque se preocupam com a sua família ou futura família", diz o vídeo. Heim? Isto quer dizer que, se você é jovem, está grávida e decide não fazer aborto

  • 1
  • 2
Tags:
AbortoGravidezSaúde
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Sangue de São Januário ou San Gennaro
Francisco Vêneto
Milagre do sangue de São Januário volta a ocorrer em Nápoles
2
Creche
Reportagem local
URGENTE – Jovem com facão invade creche e mata crianças e p...
3
Bebê anjo
Reportagem local
“Tchau, papai”: as últimas palavras que Maurício ouvi...
4
Mãe de Toda a Ásia, no Monte Maria, é a maior estátua de Maria do mundo
Reportagem local
Maior estátua de Maria do mundo é inaugurada e marca sinal de esp...
5
Monsenhor Jonas Abib, fundador da Canção Nova
Reportagem local
Fundador da Canção Nova, monsenhor Jonas Abib é diagnosticado com...
6
ARGENTINA
Esteban Pittaro
Polícia interrompe missa de Primeira Comunhão ao ar livre
7
CANDLELIGHT PROCESSION AND ROSARY
Elizabeth Zuranski
A oração escondida no fim da Ave-Maria
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia