Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sábado 15 Maio |
Santo Elesbão (ou São Caleb de Axum)
home iconAtualidade
line break icon

Diálogo entre um prisioneiro e o Papa

© DR

La Fontana del Villaggio - publicado em 25/11/14

As palavras do Papa Francisco em favor do despertar da fé nos detentos condenados a prisão perpétua

Carmelo Musumeci é um “homem sombra” (assim chamam, entre os presos, as pessoas condenadas a prisão perpétua), detento na prisão de Pádua, condenado à “morte viva”. Mantenho com ele uma troca de cartas e quero compartilhar com vocês uma coisa muito linda que me ele escreveu – Padre Fabio Bartoli.

_____________________

Sou um “Sem Deus”. Há tantos anos fui arrancado do colo de Deus. Há muito tempo O mandei embora de mim mesmo e Ele se foi. Você, Papa Francisco, O está fazendo voltar.

Tocaram-me algumas frases do Papa Francisco no seu discurso na Associação Internacional de Direito Penal, dia 23 de outubro de 2014, e decidi escrever algumas das minhas considerações.

Papa Francisco: Vivemos em tempos nos quais, tanto por alguns setores da política, como por parte de alguns meios de comunicação, incita-se à violência e à vingança, pública e privada. 
Um homem sombra: Penso que não conheço profundamente o amor de Deus, mas conheço bem o ódio dos homens que me mantêm prisioneiro como um animal na jaula. 

Papa Francisco: Populismo penal, neste contexto, nos últimos dez anos se difundiu a convicção de que através da pena pública se possa resolver os problemas sociais mais diferentes, como se para as mais diversas doenças fosse recomendado o mesmo medicamento. 
Um homem sombra: Os prisioneiros, assim como eu, são fábricas de ódio e é difícil melhorar as pessoas com a violência e o sofrimento. A prisão, neste modo, nos transforma em monstros porque aqui não existe o amor. Se somos homens não podemos estar sozinhos anos e anos fechados em uma cela, devemos estar junto a outros homens melhores que nós.

Papa Francisco: Muitos juízes e operadores do sistema penal devem desenvolver o trabalho deles sob a pressão dos meios de comunicação de massa, de alguns políticos sem escrúpulos e das rígidas ameaças que se encontram na sociedade. 
Um homem sombra: Sou fortemente convencido de que perdoar é mais fácil do que ser perdoado. O perdão nos faz amar o mundo, a ameaça nos faz odiar. O perdão é a melhor ameaça que uma sociedade pode dar, porque  incrivelmente tira o sentido de culpa para o mal feito. Muitos não sabem amar porque não são amados, outros têm o amor no coração e não sabem. Uma pessoa que infringiu a lei de Deus e dos homens para ser recuperada, não deveria precisar de barras de ferro, mas de ser amada como uma pessoa livre. Uma pessoa, para parar de ser desonesta, precisa aprender a amar tudo e todos, porque quem ama, antes de tudo, faz o bem a si mesmo, porque somente o amor nos faz felizes.

Papa Francisco: Todos os cristãos e os homens de boa vontade são, portanto, chamados a lutar não somente pela abolição da pena de morte legal, ou ilegal, e em todas as suas formas, mas pela dignidade humana das pessoas privadas da liberdade. E isto, eu conecto com a sentença de prisão perpétua. No Vaticano, há pouco tempo, no Código penal do Vaticano, não existia mais a prisão perpétua. Ela é uma pena de morte escondida.
Um homem sombra: A prisão perpétua é uma pena de morte em gotas. É errado dizer que se assemelha à pena de morte, porque é muito pior. Na pena de morte se sofre morto, enquanto que na prisão perpétua se sofre vivo. Com a pena de morte termina a punição e a vida. Com a prisão perpétua inicia uma agonia que durará por toda a vida. Os prisioneiros perpétuos vivem destacados e alienados de todos os outros prisioneiros, no nosso mundo de solidão e sombra. Para nós, morrer é a coisa mais fácil e viver, a mais difícil. Sonho frequentemente em ver um fim na pena para ter um calendário na cela e marcar os dias, meses, anos que passam.

Papa Francisco:

  • 1
  • 2
Tags:
Papa FranciscoVida
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Lucía Chamat
A curiosa foto de “Jesus” que está comovendo a Colômb...
2
Philip Kosloski
5 revelações surpreendentes do “terceiro segredo” de ...
3
Nossa Senhora de Fátima pede rezar o terço
Padre Reginaldo Manzotti
As 3 principais atitudes que Nossa Senhora de Fátima nos pediu
4
Soutane de Jean Paul II/attentat
Marzena Wilkanowicz-Devoud
Onde está a batina manchada de sangue de João Paulo II?
5
Nossa Senhora de Akita
Reportagem local
O grave alerta de Nossa Senhora de Akita sobre o maligno infiltra...
6
Reportagem local
Poderosa oração a Nossa Senhora de Fátima
7
FRANCISCO AND JACINTA MARTO
Tom Hoopes
As lições dos pastorinhos de Fátima aplicadas ao coronavírus
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia