Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sexta-feira 22 Janeiro |
São Vicente Pallotti
home iconAtualidade
line break icon

Políticos denunciam massacre de civis na RD Congo

<p>Cerca de cem pessoas foram massacradas na última quinta-feira perto de Beni, no leste da República Democrática do Congo, denunciaram nesta segunda-feira à AFP deputados da região</p>

AFP - publicado em 25/11/14

Ao menos 100 pessoas foram massacradas na última quinta-feira perto de Beni, no leste da República Democrática do Congo, denunciaram nesta segunda-feira à AFP deputados da região.

Este novo massacre elevaria para mais de 200 o número de civis mortos desde outubro nesta região do norte da província de Kivu do Norte, quando os rebeldes ugandeses da Aliança das Forças Democráticas (ADF) realizaram uma campanha de massacres.

"Tenho o número de 95 mortos que foram enterrados em uma fossa comum (…), além dos outros nove apresentados às autoridades", disse à AFP Juma Balikwisha, deputado opositor.

"Ainda não temos um registro definitivo. Há entre 70 e 100 pessoas mortas", indicou Albert Baliesima, deputado da maioria.

"Eles nos explicaram que (as Forças Armadas da RDC) não queriam que as pessoas fossem mais longe" na floresta, onde outros corpos poderiam ser encontrados, acrescentou este parlamentar.

Segundo uma fonte administrativa em Beni, o massacre, cometido em quatro localidades vizinhas, deixaram pelo menos 80 mortos.

Contatado por telefone, um morador da região afirmou à AFP que "95 corpos foram recolhidos na floresta".

Já o governador de Kivu do Norte, Julien Paluku, disse que 58 pessoas foram assinadas pelos rebeldes, número confirmado pelo ministro do Interior, Richard Muyek.

Um porta-voz do governo de Kinshasa, Lambert Mende, limitou-se a dizer que o ataque deixou "mais de dez mortos".

Os rebeldes muçulmanos da ADF, que se opõem ao presidente ugandês Yoweri Museveni, estão em atividade desde 1995 em uma região montanhosa de Beni e, desde então, cometem atrocidades contra civis.

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Larry Peterson
Ela se divorciou duas vezes, teve 8 filhos, virou freira e levou ...
2
FETUS
Francisco Vêneto
Abortos no mundo em 2021 já superam mortes por covid em toda a pa...
3
POPE AUDIENCE
Reportagem local
A oração de cura que pode ser dita várias vezes por dia
4
Aleteia Brasil
O testemunho de São Sebastião, o soldado mártir do Império Romano
5
Aleteia Brasil
Na íntegra: as três partes do Segredo de Fátima - e uma interpret...
6
Pope Audience Wednesday
Vatican News
A importância de ir à Missa aos domingo, segundo o Papa Francisco
7
Aleteia Brasil
5 milagres que a ciência tentou, mas nunca conseguiu explicar
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia