Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Domingo 18 Abril |
São Galdino
home iconAtualidade
line break icon

Roberto Gómez Bolaños: a morte de uma lenda

© Ver Vivo y En Directo

Jaime Septién - publicado em 02/12/14

Ser salvo de um aborto fez dele um militante ativo a favor da vida e contra a legalização do aborto

Na última sexta-feira, aos 85 anos, em sua casa de Cancún, onde lutava contra uma doença respiratória há vários anos, morreu o célebre escritor e comediante mexicano Roberto Gómez Bolaños, mais conhecido como “Chespirito”, ou até pelo seu personagem mais famoso no Brasil, “Chaves”.

Desde 1971, a série “Chaves” esteve nas telas mexicanas, e depois passou por inúmeros países, levando a mensagem de humor, o enredo e a convivência em uma típica vizinhança mexicana pobre, na qual existe um personagem desamparado que tenta ser amado e, ainda que as coisas sempre saiam mal, ele consegue.

Apaixonado pelo “ch”, como sinônimo da vida na Cidade do México, todos os personagens criados e interpretados por ele tinham essa combinação de “c” e “h” no nome: Chaves, Chapolin, Chómpiras, Dr. Chapatin, e a personagem que criou para sua esposa, Florinda Meza, “La Chimoltrufia”.

Chespirito gostava de escrever, atuar, fazer humor, mas também amava o futebol e a Cidade do México. Colega de escola de Carlos Fuentes, recebeu o carinho de milhões de mexicanos, entre eles os dois presidentes do México surgidos do Partido Ação Nacional, Vicente Fox e Felipe Calderón.

Entrou tarde no campo da política, justamente enfrentando a necessidade de mudança de que o país precisava após 30 anos de dominação do Partido Revolucionário Institucional. Ele o fez no ano 2000, quando gravou vários vídeos de apoio a Vicente Fox e, em 2006, apoiando Felipe Calderón.

É muito conhecida sua história de ter sido salvo, devido à coragem da sua mãe, de ser abortado, fato que o tornou um militante ativo a favor da vida e contra a legalização do aborto em 2007, pelo governo do Distrito Federal. Bolaños também se opôs à tentativa de legalizar o casamento homoafetivo.

Ao morrer, Chespirito, quem também entrou muito tarde nas redes sociais, deixou quase 7 milhões de seguidores em sua conta do Twitter. E também deixou milhões de telespectadores órfãos, fãs que acompanharam a aventura e a desventura, justamente, de um pequeno órfão que dormia em um barril e tentava fazer o bem, mesmo se dando mal tantas vezes.

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
KRZYŻYK NA CZOLE
Beatriz Camargo
60 nomes de bebês que carregam mensagens poderosas
2
MIGRANT
Jesús V. Picón
O menino perdido no deserto nos convida a refletir
3
Pe. Zezinho
Reportagem local
Não desprezem o templo nem posem de católicos avançados, alerta o...
4
Ordenação sacerdotal
Francisco Vêneto
Ex-testemunha de Jeová será ordenado padre católico aos 25 anos
5
MARY, CRUSH, SNAKE
Desde la Fe
10 poderosas armas para lutar contra o demônio
6
SPANISH FLU
Bret Thoman, OFS
Como o Padre Pio encarou a pandemia de gripe espanhola
7
Reportagem local
Hoje celebramos Santa Bernadette, a menina que viu Nossa Senhora ...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia