Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sexta-feira 30 Julho |
Santos Abdon e Sénen
home iconAtualidade
line break icon

Governo da Líbia apoia diálogo organizado pela ONU

<p>O chanceler Mohammed al-Dairi participa de uma entrevista coletiva em Cartum</p>

AFP - publicado em 05/12/14

O governo líbio reconhecido pela comunidade internacional manifestou apoio a um novo diálogo que será organizado na próxima terça-feira pela ONU entre os principais envolvidos na crise líbia para tentar acabar com a violência no país.

Um primeiro encontro reuniu integrantes rivais do Parlamento reconhecido pela comunidade internacional no fim de setembro em Ghadamès (600 km a sudoeste de Trípoli), mas as negociações não deram resultados.

"Estou satisfeito com a realização da segunda reunião de Ghadamès", declarou à AFP o ministro das Relações Exteriores do governo líbio reconhecido, Mohamed al-Dairi, na noite de quinta-feira em Cartum.

O governo "manifesta (seu) apoio aos esforços de Bernardino (Leon)", representante especial da ONU na Líbia, que media as negociações, acrescentou Dairi.

Ele estava em Cartum, capital do Sudão, para uma reunião sobre a crise líbia com representantes da Argélia, do Chade, do Egito, da Tunísia e do Sudão, que também anunciaram seu apoio às negociações.

Dairi também manifestou seu desejo de que a reunião de terça permita "formar um governo de união nacional para administrar o período de transição" na Líbia, que vive uma situação de anarquia e violência desde a queda de Muamar Kadhafi, em 2011.

O governo reconhecido pela comunidade internacional tem sede no leste do país por causa da violência. Sua legitimidade é questionada por um Executivo paralelo que se instalou em Trípoli apoiado pela Fajr Libya, uma coalizão de milícias dominadas por islamitas que tomou o controle da capital líbia no início deste ano.

Uma reunião para as formações militares e os grupos armados líbios, diferente da organizada pela ONU com representantes políticos, também será realizada, afirmou Mohamed al-Dairi em Cartum, sem especificar quem participará.

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Ítalo Ferreira
Reportagem local
Ouro no surfe em Tóquio, Ítalo Ferreira rezou todos os dias às 3h...
2
SIMONE BILES
Cerith Gardiner
Simone Biles deixa as Olimpíadas com uma lição importante para to...
3
Batizado de Davi Henrique, 6 anos
Reportagem local
Davi, de 6 anos, reclama do padre no batizado: “Tá sabendo ...
4
CANDLELIGHT PROCESSION AND ROSARY
Elizabeth Zuranski
A oração escondida no fim da Ave-Maria
5
HIDILYN DIAZ
Cerith Gardiner
Olimpíadas: depois de ganhar o ouro, atleta exibe outra medalha e...
6
morning
Philip Kosloski
Uma oração da manhã fácil de memorizar
7
Madagascar
Francisco Vêneto
Seca e fome em Madagascar obrigam pessoas a comer solas de sapato...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia