Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Domingo 17 Janeiro |
home iconHistórias Inspiradoras
line break icon

Carta de Natal a um amigo

David Jones

Claudio de Castro - publicado em 10/12/14

Eu gostaria de compartilhar com você o que vou fazer neste Natal

Querido amigo:

Durante o advento, os sons do Natal costumam penetrar minha alma, como uma brisa fresca e alegre, lembrando-me do Menino que vai nascer.

Estes sons me recordam a infância, quando tudo era puro e bom. E eu conversava com Jesus, com a mesma confiança com que falo com você agora.

Jesus sempre foi meu melhor amigo.

Agora que sou adulto, continuo me encontrando com Jesus e costumamos ter longas conversas. Em geral, Ele me escuta atento, com um sorriso nos lábios, com um olhar de ternura e compreensão.

O que Ele me diz? Quase sempre a mesma coisa: “Não tema. Eu estou com você”.

Eu gostaria de compartilhar com você o que eu vivo e que tanto me faz pensar no que farei neste Natal:

Vida interior.
Amar o desamparado.
Dirigir um olhar agradecido a Deus.

Quero viver o Natal como aqueles pastores, homens corajosos, acostumados com o trabalho, que, de repente, se admiram ao ver o recém-nascido e o adoram. E correm para transmitir a boa notícia: nasceu um menino que é filho de Deus.

Sendo pai de quatro filhos, exposto aos problemas cotidianos, posso lhe dizer que vale a pena viver submerso no mar de Deus.

É maravilhoso experimentar sua graça e proteção.

Não li isso em nenhum livro. Vivo e experimento isso a cada dia.

Ouvir falar de Deus não é a mesma coisa que viver em Deus.

Mesmo sem emprego, passando grandes necessidades, pude comprovar que as palavras do Evangelho se cumprem: “Se vocês permanecem em mim e minhas palavras permanecem em vocês, peçam o que quiserem e obterão” (João 15, 7).

Devo confessar que sou daqueles que lhe pedem muito, mas também dos que agradecem muito.

Estou agradecido porque Deus me permitiu passar por esta primavera espiritual, ensinando-me o que é o abandono, a confiança e o seu amor.

Tenho uma vida de necessidades e um Pai que provê em abundância. O que mais posso pedir?

Aprendi que tudo se baseia na confiança. Se confio muito, recebo muito. Se confio pouco, recebo pouco.

E assim me sinto feliz. Por saber que sou amado desde a eternidade. Por saber que Deus existe. Que é meu Pai. Nosso Pai. E, por isso, você é meu irmão.

Tags:
Natal
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Top 10
Aleteia Brasil
Na íntegra: as três partes do Segredo de Fáti...
UNPLANNED
Jaime Septién
Filme contra o aborto arrasa nas bilheterias ...
BABY BAPTISM
Padre Reginaldo Manzotti
Por que é tão importante batizar uma criança?
Deserto de Negev
Francisco Vêneto
Pedra de 1.400 anos com inscrição mariana é e...
KRZYŻYK NA CZOLE
Beatriz Camargo
60 nomes de bebês que carregam mensagens pode...
Reportagem local
Papa Francisco: cuidado com os cristãos que s...
POPE JOHN PAUL II
Philip Kosloski
"Não tenhais medo": a frase mais usada por Sã...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia