Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sábado 17 Abril |
Santa Catarina Tekakwitha
home iconAtualidade
line break icon

Escolas são alvo frequente do extremismo

<p>Pais buscam os filhos da área de uma escola atacada no Paquistão</p>

AFP - publicado em 16/12/14

Alvos de grupos radicais e de atiradores solitários com motivações políticas ou pessoais, diversas instituições de ensino sofreram ataques como o da escola de Peshawar onde mais de 130 pessoas, a maior parte alunos, foram mortas nesta terça-feira em uma ação de militantes talibãs.

No PAQUISTÃO, onde o Movimento Talibã do Paquistão (TTP) ataca escolas com frequência, a luta da jovem Malala pela educação das meninas quase custou a sua vida. No dia 9 de outubro de 2012, os talibãs interceptaram seu ônibus escolar no Vale do Swat (noroeste) e a atacaram com um tiro na cabeça. Malala foi premiada com o prêmio Nobel da Paz de 2014 por seu compromisso com os direitos humanos.

Na RÚSSIA, de 1º a 3 de setembro de 2004, rebeldes chechenos armados invadiram uma escola em Beslan, na Ossétia do Norte, no dia da volta às aulas e sequestraram cerca de 1.200 pessoas. Após a ação das forças especiais, 331 pessoas morreram, incluindo 186 crianças, e cerca de 400 ficaram feridas. Trinta e um integrantes do grupo de terroristas morreram.

Na NIGÉRIA, os radicais islâmicos do Boko Haram, responsáveis por ações armadas e sequestros, reivindicaram a tomada de 276 estudantes de um colégio de Chibok (nordeste) como reféns no dia 14 de abril de 2014. Algumas conseguiram fugir, mas 219 ainda são consideradas desaparecidas.

Nas FILIPINAS, em 28 de janeiro de 1999, 500 alunos e 70 professores de uma escola perto de Cotabato (sul) foram feitos reféns por membros da Frente Moro Islâmica de Libertação (MILF). A maioria foi libertada algumas horas depois. Os outros 60, incluindo 40 crianças, foram levados como escudos humanos durante a fuga do grupo. Todos foram libertados na manhã do dia seguinte.

As instituições de ensino também sofrem ataques de atiradores solitários, que, com frequência, são os próprios estudantes.

Nos ESTADOS UNIDOS, onde tiroteios nas escolas são recorrentes, os mais mortais foram o ataque da Universidade de Virginia Tech, na Virgínia, em 16 de abril de 2007, que deixou 32 mortos; a tragédia de Newtown, onde 20 jovens alunos e seis adultos foram mortos em uma escola do ensino fundamental em 14 de dezembro de 2012 e a do instituto de ensino secundário de Columbine, em 20 de abril de 1999 (13 mortos).

Esse tipo de episódio dramático também já aconteceu em outros países, como na Alemanha, onde 16 pessoas foram mortas em 2002 em um colégio em Erfurt (leste) e em Dunblane, na Escócia, quando um homem matou 16 estudantes e uma professora em uma escola primária em março de 1996.

Já na NORUEGA, em 22 de julho de 2011, um ataque foi cometido pelo extremista de direita, Anders Behring Breivik. Essa ação, que deixou 77 mortos, não tinha como alvo específico uma instituição de ensino mas deixou um grande número de vítimas entre os adolescentes. Breivik abriu fogo contra um acampamento da Juventude Trabalhista na ilha de Utoeya depois de ter detonado uma bomba perto da sede do governo em Oslo. No dia 24 de agosto de 2012, ele foi condenado à pena máxima de 21 anos de prisão que pode ser estendida.

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
KRZYŻYK NA CZOLE
Beatriz Camargo
60 nomes de bebês que carregam mensagens poderosas
2
Pe. Zezinho
Reportagem local
Não desprezem o templo nem posem de católicos avançados, alerta o...
3
MIGRANT
Jesús V. Picón
O menino perdido no deserto nos convida a refletir
4
SPANISH FLU
Bret Thoman, OFS
Como o Padre Pio encarou a pandemia de gripe espanhola
5
MARY, CRUSH, SNAKE
Desde la Fe
10 poderosas armas para lutar contra o demônio
6
Frei Jorge e o cãozinho frei Carmelito
Francisco Vêneto
Humanizar os animais não é amá-los, pois desrespeita sua natureza...
7
Aleteia Brasil
Havia um santo a bordo do Titanic?
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia