Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Terça-feira 26 Outubro |
Santo Amando 
Aleteia logo
home iconAtualidade
line break icon

Austrália promete investigação transparente sobre sequestro em café

<p>(2011) Xeque Man Haron Monis</p>

AFP - publicado em 17/12/14

A Austrália abriu nesta quarta-feira uma investigação para esclarecer como um islamita desequilibrado e com um passado violento conseguiu obter a nacionalidade australiana e não se encontrava sob vigilância quando, na segunda-feira passada, protagonizou uma tomada de reféns em uma cafeteria de Sydney.

Ao final de 16 horas de sequestro, uma equipe das forças especiais pôs fim à ação terrorista, na qual morreram o sequestrador e dois dos 17 reféns.

O autor do crime, xeque Man Haron Monis, um iraniano de 50 anos, se encontrava em liberdade sob fiança depois de ser acusado de cumplicidade no assassinato de sua ex-mulher e outros delitos, como agressões e abusos sexuais.

No mês passado, postou uma mensagem em seu site na qual prestava juramento ao "califa dos muçulmanos", o que poderia ser uma referência ao líder do grupo jihadista Estado Islâmico, Abu Bakr al Bagdadi, assim autoproclamado.

Monis igualmente se tornou conhecido das autoridades australianas quando foi condenado por enviar cartas ofensivas a familiares de soldados mortos, há sete anos.

Muitos se questionam agora por que ninguém se preocupou com este homem que, segundo o primeiro-ministro Tony Abbot, tratava-se de um extremista com um passado violento e nítido desequilíbrio mental.

"Claro que quero respostas para todas as perguntas", declarou Abbott, que não escondeu a incredulidade de seus ministros ao ser divulgado o perfil de Monis.

O premiê anunciou oficialmente a abertura de uma investigação que deverá entregar suas conclusões no final de janeiro.

Essa investigação deverá determinar as condições em que o islamita chegou à Austrália em 1996 e obteve a condição de refugiado e depois a nacionalidade australiana.

Também examinará o que os serviços secretos sabiam sobre ele e como compartilharam as informações as diferentes administrações.

"O sistema não gerenciou corretamente este indivíduo", admitiu o chefe do executivo, que prometeu ainda uma transparência total nos resultados da investigação.

Nas ruas, é possível observar que o dispositivo de segurança foi reforçado em Sydney, onde centenas de policiais foram mobilizados.

Abbott também prometeu que as autoridades serão implacáveis em relação a todos que "pregarem o ódio, se associarem a organizações terroristas ou a seus partidários, falarem mal de nosso país, nossa forma de viver, nossas liberdades e nossa tolerância".

Na véspera, um mar de flores tomou conta de um memorial improvisado perto do local do incidente, no coração do bairro financeiro de Sydney, onde os líderes da comunidade muçulmana se juntaram aos cidadãos locais em luto pelas duas vítimas do crime.

Os dois reféns mortos no sequestro dramático no café de Sydney foram saudados como heróis dispostos a sacrificar suas vidas pelo próximo em uma cerimônia religiosa.

Tori Johnson, de 34 anos, gerente do Lindt Chocolat Cafe, palco da tomada de reféns pelo islamista radical, e Katrina Dawson, advogada de 38 anos e mãe de três filhos, morreram no momento em que a tropa de elite da polícia invadiu o local.

Durante uma cerimônia na catedral St Mary’s, que fica perto do local da tragédia, o arcebispo Anthony Fisher citou o "coração partido" da cidade.

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
SANDRA SABATTINI
Francisco Vêneto
Primeira noiva em processo de canonização na história foi beatifi...
2
Papa Emérito Bento XVI
Francisco Vêneto
Bento XVI: “Espero me unir logo” aos amigos que já estão na etern...
3
Papa Francisco São José Menino Jesus
Ricardo Sanches
A oração a São José que o Papa Francisco reza todos os dias há 40...
4
Transplante de rins
Francisco Vêneto
Transplante de rim de porco em humanos: a Igreja tem alguma objeç...
5
São João Paulo II
Reportagem local
A última frase de São João Paulo II antes de partir desta vida
6
Casal brasileiro com 8 filhos espera gêmeos
Francisco Vêneto
Jovem casal brasileiro com 8 filhos espera gêmeos: “cada um vale ...
7
Pe. Jonas Magno de Oliveira e sua mãe
Francisco Vêneto
Mãe de padre brasileiro se torna freira na mesma família religios...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia