Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quarta-feira 12 Maio |
São Pancrácio
home iconAtualidade
line break icon

Mais de um milhão marcham em Paris, a ‘capital do mundo’ unida contra o terror

<p>O presidente francês François Hollande e líderes mundiais marcham juntos durante manifestação realizada em Paris a favor da liberdade e democracia no dia 11 de janeiro de 2015</p>

AFP - publicado em 11/01/15

O secretário de Estado americano, John Kerry expressou solidariedade à França em uma mensagem enviada da Índia, e disse que "nenhum ato terrorista deterá o avanço da liberdade".

Os irmãos Said e Cherif Kouachi, autores do massacre de quarta-feira no jornal satírico Charlie Hebdo, que deixou 12 mortos, morreram na sexta-feira em uma ação das forças de segurança na localidade de Dammartin-en-Goele, a nordeste de Paris.

Quase ao mesmo tempo, Amedy Coulibaly, responsável pelo assassinato de uma polícia, esta quinta-feira, em Paris, morreu em outra invasão das forças de ordem em Paris, em um mercado de alimentos kasher, onde tinha feito reféns e matado quatro pessoas judias.

Em um vídeo exibido neste domingo, um homem que se parece com Coulibaly reivindicou o ataque de quinta-feira e disse pertencer à organização extremista Estado Islâmico (EI).

Na Alemanha, dois homens atiraram neste domingo um artefato incendiário contra o jornal de Hamburgo Hamburger Morgenpost, que tinha publicado vinhetas do Charlie Hebdo. Não houve vítimas e o incêndio foi controlado rapidamente.

Na Bélgica, a redação do jornal Le Soir, no centro de Bruxelas, foi evacuado este domingo, após um "telefonema anônimo" com uma ameaça de ataque a bomba, anunciou a redação.

Toda a rua Royale, onde fica o jornal, foi isolada pelas forças de ordem, acrescentou a agência de notícias Belga.

Hollande na Sinagoga de Paris

Após a manifestação, Hollande e o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, foram ovacionados ao entrarem na Grande Sinagoga de Paris.

Os dois líderes participam de uma cerimônia em homenagem a "todas as vítimas" dos atentados de Paris, entre elas quatro judeus mortos na sexta-feira, 9 de janeiro, por Amedy Coulibaly, durante a tomada de reféns de um supermercado kasher na capital francesa.

No local, alguns dos presentes entoaram "Bibi" – o apelido de Netanyahu – e "Israel viverá, Israel vencerá", agitando a bandeira do Estado hebreu.

A cerimônia começou pouco antes das 19h30 locais (16h30, horário de Brasília).

Hollande e Netanyahu se sentaram lado a lado, na sinagoga, cercados do primeiro-ministro francês, Manuel Valls, e do presidente do Consistório Israelita Central da França, Joël Mergui.

Antes da visita à sinagoga, Hollande visitou a família de Ahmed Merabet, policial francês de origem argelina abatido a sangue-frio pelos irmãos Chérif e Saïd Kouachi.

Os ataques de Paris causaram comoção na França e no mundo e rapidamente a frase "Eu sou Charlie" invadiu o planeta por meio de redes sociais.

As investigações seguem o rastro da esposa de Coulibaly, Hayat Boumeddiene, que saiu da França no começo de janeiro antes dos ataques e estaria atualmente na Síria.

Coulibaly, cujos pais eram de origem malinesa, justificou seus atos com a tomada de reféns pela intervenção militar francesa no Mali e os bombardeios ocidentais na Síria.

A mãe e as irmãs de Coulibaly condenaram os ataques e apresentaram "seus mais profundos pêsames" às famílias das vítimas.

A viúva de Cherif Kouachi, um dos irmãos jihadistas, "condenou os atos de seu marido", segundo seu advogado.

  • 1
  • 2
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Lucía Chamat
A curiosa foto de “Jesus” que está comovendo a Colômb...
2
ELDERLY,WOMAN,ALONE
Aleteia Brasil
O pe. Zezinho e a mãe que espera há 30 anos, sem sucesso, pelo pe...
3
Bebê anjo
Reportagem local
“Tchau, papai”: as últimas palavras que Maurício ouvi...
4
PADRE PIO
Philip Kosloski
A oração que Padre Pio fazia todos os dias ao Anjo da Guarda
5
Reportagem local
Triste, surpreendente, inspirador: o drama e o recomeço da menina...
6
OPERA SINGER
Cerith Gardiner
Cantora de ópera faz apresentação incomum e homenageia Maria e as...
7
Reportagem local
3 fatos cientificamente inexplicáveis sobre a imagem de Guadalupe
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia