Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sexta-feira 30 Julho |
Santos Abdon e Sénen
home iconAtualidade
line break icon

Ataque com criança-bomba deixa sete mortos na Nigéria

<p>Socorristas evacuam um ferido após atentado suicida em Potiskum, nordeste da Nigéria, em 1º de fevereiro de 2015</p>

AFP - publicado em 23/02/15

Sete pessoas morreram neste domingo em um ataque no norte da Nigéria, executado por uma menina com idade por volta de sete anos, que levava um cinturão de explosivos preso ao corpo.

Duas vítimas não resistiram aos ferimentos, elevando o número de óbitos divulgado anteriormente – cinco mortos, além da criança-bomba. Uma fonte hospitalar consultada pela AFP contou que cerca de 20 pessoas ficaram feridas e estavam recebendo cuidados médicos.

O ataque aconteceu às 13h30 locais, horário de grande movimento, segundo os comerciantes.

Lançado contra um mercado da localidade nigeriana de Potiskum, capital comercial do estado de Yobem, este foi o último de uma série de atentados cometidos por crianças no país. Esses ataques estariam sendo orquestrados pelo grupo jihadista Boko Haram.

O ataque é mais uma evidência do gigantesco desafio de segurança do país, que realizará, em 28 de março próximo, eleições presidenciais e legislativas.

O presidente Goodluck Jonathan, que venceu o pleito em 2011, encontra-se em uma dura disputa eleitoral contra o ex-ditador Muhammadu Buhari para tentar um novo mandato.

Inicialmente, a votação estava prevista para 14 de fevereiro, mas o Exército determinou um adiamento de seis semanas, apoiado pela Comissão Eleitoral Nacional, para tentar melhorar a situação de segurança no país.

O ataque deste domingo foi o segundo no mercado Kasuwar Jagwal, de produtos eletrônicos e conserto de telefones celulares. Em 11 de janeiro, o local foi alvo de um atentado executado por dois adolescentes. Seis pessoas morreram, e 37 ficaram feridas.

Um dia antes, 19 pessoas haviam perdido a vida em um atentado cometido por uma menina na principal praça de Maiduguri, nordeste do país.

Os dois ataques foram atribuídos ao grupo jihadista Boko Haram, cuja ofensiva iniciada em 2009 já deixou cerca de 13 mil mortos e 1,5 milhão de deslocados. O conflito se estendeu a vários países da bacia do lago Chade.

O ministro francês das Relações Exteriores, Laurent Fabius, que visita os três países de fronteira com a Nigéria (Chade, Camarões e Níger), destacou neste domingo a necessidade de Abuja se comprometer com a luta contra os extremistas do Boko Haram.

"É necessário contar com o total compromisso da Nigéria para lutar contra o Boko Haram", declarou, em entrevista coletiva concedida em Niamei, capital do Níger.

No sábado, em N’Djamena, capital do Chade, Fabius visitou uma célula de coordenação, com militares chadianos, camaroneses, nigerinos e franceses, mas sem representante nigeriano.

O debate sobre a criação de uma força militar regional conjunta esbarra na atitude da Nigéria, que minimiza o perigo real do Boko Haram.

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia