Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quinta-feira 28 Outubro |
Santos Apóstolos Simão e Judas Tadeu 
Aleteia logo
home iconEstilo de vida
line break icon

Meu filho é gay e quer trazer seu namorado à minha casa. Devo acolhê-los?

© PASCAL PAVANI / AFP

Pe. Henry Vargas Holguín - publicado em 24/02/15

“As pessoas homossexuais são chamadas à castidade. Pelas virtudes do autodomínio, educadoras da liberdade interior, e, às vezes, pelo apoio duma amizade desinteressada, pela oração e pela graça sacramental, podem e devem aproximar-se, gradual e resolutamente, da perfeição cristã” (Catecismo, 2359).

A homossexualidade é uma circunstância pessoal mas, como tendência, não é pecado em si mesma, a não ser que seja praticada. Quando praticada, então torna-se pecado.

É óbvio que é preciso acolher as pessoas com tendências homossexuais, mas isso não significa aceitar algumas realidades inerentes, ou seja: não podemos confundir o acolhimento com a aceitação de outras realidades que giram ao redor da condição homossexual.

Neste sentido, tampouco se deve permitir que a casa de família se torne para o casal homossexual um refúgio amoroso. O lar paterno precisa ser respeitado.

O que não se aceita, entre outras coisas, é o mal chamado “casamento” gay, ou que tais pessoas possam adotar filhos e pretendam impor um novo modelo de família. Não é aceitável a sexualidade antinatural.

“A Tradição sempre declarou que os atos de homossexualidade são intrinsecamente desordenados. São contrários à lei natural, fecham o ato sexual ao dom da vida, não procedem duma verdadeira complementaridade afetiva sexual, não podem, em caso algum, ser aprovados” (Catecismo, 2357).

Infelizmente, tendemos a confundir a rejeição do pecado com a rejeição da pessoa. Como se costuma dizer, “é preciso rejeitar o pecado, mas não o pecador”. O pecado precisa ser rejeitado em qualquer pessoa, independentemente de sua orientação sexual, mas não se rejeita a pessoa em si mesma. Difícil de entender? Acho que não.

É preciso denunciar o pecado onde quer que ele esteja. Jesus não veio condenar, mas salvar. Ele comia com os que precisavam dele. “Vendo isto, os fariseus disseram aos discípulos: ‘Por que come vosso mestre com os publicanos e com os pecadores?’ Jesus, ouvindo isto, respondeu-lhes: ‘Não são os que estão bem que precisam de médico, mas sim os doentes. Ide e aprendei o que significam estas palavras: Eu quero a misericórdia e não o sacrifício. Eu não vim chamar os justos, mas os pecadores.'” (Mt 9, 11-13).

Ou, como dizia São Paulo: “Embora livre de sujeição de qualquer pessoa, eu me fiz servo de todos para ganhar o maior número possível. (…) Fiz-me tudo para todos, a fim de salvar a todos. E tudo isso faço por causa do Evangelho, para dele me fazer participante” (1 Cor 9, 19-23).

Não podemos julgar ninguém, muito menos condenar, ainda que, ao mesmo tempo, um pai e uma mãe precisam analisar a responsabilidade que têm sobre o lar. Toda pessoa é digna de apreço, respeito e acolhimento. Cada um deve julgar a si mesmo e confrontar-se diante da santa presença de Deus.

  • 1
  • 2
Tags:
homossexuaisIgrejaSexualidadeValores
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
SANDRA SABATTINI
Francisco Vêneto
Primeira noiva em processo de canonização na história foi beatifi...
2
EUCHARIST
Reportagem local
O que fazer se a hóstia cair no chão durante a Missa?
3
Papa Francisco
Francisco Vêneto
Papa Francisco: “Tenho medo dos diabos educados”
4
Pe. Jonas Magno de Oliveira e sua mãe
Francisco Vêneto
Mãe de padre brasileiro se torna freira na mesma família religios...
5
Transplante de rins
Francisco Vêneto
Transplante de rim de porco em humanos: a Igreja tem alguma objeç...
6
As irmãs biológicas que se tornaram freiras no instituto Iesu Communio
Francisco Vêneto
As cinco irmãs biológicas que se tornaram freiras em apenas 2 ano...
7
BENEDICT XVI
Marzena Wilkanowicz-Devoud
A arte de morrer bem, segundo Bento XVI
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia