Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quinta-feira 17 Junho |
São Ranieri de Pisa
home iconAtualidade
line break icon

Rússia acusa EUA de levar ‘caos’ ao Oriente Médio

<p>O ministro das Relações Exteriores russo Sergei Lavrov é visto durante reunião em Moscou, no dia 11 de fevereiro de 2015</p>

AFP - publicado em 24/02/15

O ministro russo das Relações Exteriores, Sergei Lavrov, acusou nesta segunda-feira os Estados Unidos de mergulhar o Oriente Médio no caos e alimentar o surgimento de extremistas em sua tentativa de dominar o mundo.

Lavrov expôs sua crítica à política de Washington durante um debate especial do Conselho de Segurança das Nações Unidas sobre a manutenção da paz e a segurança internacionais.

O chanceler citou os ataques aéreos na Síria, liderados pela pelos Estados Unidos, a invasão do Iraque em 2003 e a intervenção militar na Líbia em 2011, como exemplos de "violações dos princípios fundamentais das Nações Unidas".

"Tudo isso é resultado de tentativas para dominar os assuntos globais, de governar o mundo, em todos os lugares, de usar o poder militar unilateralmente para promover seus próprios interesses", declarou Lavrov ao Conselho de 15 membros.

"Isto mergulhou o Oriente Médio e o Norte da África na instabilidade e no caos e, em grande medida, tem sido um terreno fértil onde extremistas crescem", acrescentou.

Rússia e Estados Unidos têm estado em desacordo sobre a guerra na Síria, com o apoio de Moscou ao presidente Bashar Al-Assad e opondo-se aos ataques aéreos americanos contra alvos da organização Estado Islâmico.

A Rússia acusou repetidamente os Estados Unidos e seus aliados ocidentais de arquitetar a queda do líder ucraniano Viktor Yanukovych, inclinado em relação a Moscou, o que provocou a revolta separatista na Crimeia e no leste da Ucrânia.

"Nós realmente queremos ver o Conselho de Segurança como um instrumento eficaz para a paz e segurança, ou estamos transformando em um espaço de confrontação e propaganda?", questionou Lavrov.

Ele deu estas declarações no mesmo momento em que a Ucrânia acusava os rebeldes pró-russos de concentrar forças perto da cidade portuária de Mariupol, apesar do cessar fogo alcançado entre Ucrânia, Rússia, França e Alemanha.

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
BABY GIRL
Mathilde de Robien
12 nomes de meninas cujo significado é ligado a Deus
2
Lucía Chamat
A curiosa foto de “Jesus” que está comovendo a Colômb...
3
POPE FRANCIS - PENTECOST MASS - SUNDAY
Comunidade Shalom
Depois da Comunhão, o que (e por quem) é mais aconselhável rezar?
4
Reportagem local
Poderoso filme de 1 minuto sobre casamento rende prêmio a cineast...
5
PASSION OF THE CHRIST
Cerith Gardiner
7 provações e tribulações que Jim Caviezel enfrentou ao interpret...
6
Reportagem local
Papa Francisco explica quais são os piores inimigos da oração
7
Nhá Chica
Aleteia Brasil
A beata brasileira Nhá Chica e sua singela explicação: “É p...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia