Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Domingo 25 Julho |
home iconAtualidade
line break icon

‘Jihadista John’ pensou em se suicidar em 2010

<p>Jornais britânicos dão destaque para a identificação do militante encapuzado</p>

AFP - publicado em 01/03/15

Mohammed Emwazi, o londrino que seria o "Jihadista John", o misterioso carrasco com o rosto coberto do grupo Estado Islâmico (EI), declarou em 2010 a um jornalista que pensava em suicídio devido à perseguição dos serviços secretos britânicos, segundo o Mail on Sunday.

Identificado pela imprensa e pelos especialistas como o homem que aparece em vários vídeos de decapitação de reféns ocidentais divulgados pelo EI, Mohamed Emwazi escreveu em 2010, em um e-mail enviado a um jornalista do Mail on Sunday, publicado no sábado pelo jornal, que se sentia como "um morto-vivo" devido a esta pressão.

A Cage, uma organização de defesa dos direitos dos muçulmanos com sede em Londres, afirma que os serviços secretos britânicos vigiaram Emwazi ao menos a partir de 2009 e que esta pressão contribuiu para sua radicalização. Segundo a Cage, o MI6, o serviço secreto exterior, tentou recrutá-lo sem sucesso.

O primeiro-ministro britânico, David Cameron, e um ex-chefe do serviço de inteligência exterior MI6 rejeitaram categoricamente esta tese e o prefeito de Londres, Boris Johnson, acusou a Cage de apologia ao terrorismo.

Em seu e-mail ao jornalista Robert Verkaik, com data de 14 de dezembro de 2010, Mohammed Emwazi contava que havia vendido seu computador portátil pela internet a alguém que, segundo ele, era dos serviços de segurança britânicos.

"Às vezes me sinto como um morto-vivo. Não tenho medo que me matem. O que me dá medo é que um dia tome um monte de comprimidos para poder dormir finalmente para sempre. Só quero que me deixem em paz!", escreveu o jovem londrino, segundo o Mail on Sunday.

Mohammed Emwazi nasceu no Kuwait em 1988. Seus pais, Jasem e Ghaneya, instalaram-se na capital britânica em 1993, após a primeira Guerra do Golfo, quando ele tinha seis anos.

Em Londres, a família Emwazi, "pacífica e apreciada", segundo um ex-vizinho, seguia uma vida tranquila no oeste da cidade. Seu pai dirigia uma empresa de táxi, enquanto sua mãe era dona de casa.

Emwazi estudou na capital britânica e obteve um diploma de informática na Westminster University. Em 2012 ou 2013 viajou à Síria.

De fato, segundo informações da imprensa, Mohammed Emwazi tinha contatos com os responsáveis pelos atentados frustrados lançados em 2005 nos transportes públicos londrinos, duas semanas após os atentados suicidas que deixaram 52 mortos na capital.

Estas revelações aumentam a pressão sobre os serviços de segurança britânicos, que agora são convocados a explicar por que não adotaram medidas contra Emwazi antes que ele viajasse à Síria.

Cameron defendeu na sexta-feira a atuação destes serviços. Precisam tomar "decisões incrivelmente difíceis e acredito que essencialmente tomam decisões muito boas", disse.

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Top 10
1
Reportagem local
A arrepiante oração de uma mulher no corredor da morte por ser ca...
2
CROSS;
Reportagem local
O que significa o sinal da cruz feito sobre a testa, os lábios e ...
3
Aleteia Brasil
Sorrisão e joelhos: 2 pais brasileiros e seus bebês que emocionar...
4
Papa Francisco
Reportagem local
Papa: como não culpar Deus diante da morte de um ente querido
5
JENNIFER CHRISTIE
Jeff Christie
Minha mulher engravidou de um estuprador – e eu acolhi o bebê nas...
6
st charbel
Reportagem local
Por acaso não está acontecendo o que São Charbel disse?
7
PADRE PIO
Philip Kosloski
A oração que Padre Pio fazia todos os dias ao Anjo da Guarda
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia