Aleteia logoAleteia logoAleteia
Quarta-feira 17 Abril |
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Os 50 tons de Anastasia Steele

Anastasia Steele – Fifty Shades of Grey © Focus Features via LMK – pt

© Focus Features via LMK

Comunidade Shalom - publicado em 04/03/15

Uma análise verdadeiramente católica da protagonista de "50 tons de cinza"

Alguns seguidores me pediram para escrever sobre 50 Tons de Cinza. Sem querer ofender Maria, que ama e intercede por tantas Anastasias reais que infelizmente existem por aí, pensei em fazer uma comparação entre as atitudes de vida das duas. Como Anastasia Steele não existe e como a fictícia não se dá ao respeito, não precisei me preocupar em não ofendê-la. Apenas oro, compadecida, pelas Anastasias da vida real e pelos homens e mulheres influenciados pelas ilusões do livro e filme, pedindo a Deus que encontrem Maria.

Partilho o que pensei, a partir da ironia dos nomes, certamente escolhidos a dedo pela agora milionária Ms. E. L. James.

CHRISTIAN = cristão
GREY = variante de gray = cinza, nebuloso (Webster Dic.)
ANASTASIA = do grego – impossibilidade mórbida de levantar-se (Dic. Michaelis)
STEELE = homônimo homófono de steel = aço, resistência – nerves of steel = nervos de aço (Webster Dic.)
MARIA = Myriam, em hebraico = estrela, princesa, luminosa (Filho de Deus, Menino Meu)

Eis a comparação que Ms. James – espero! – talvez faça algum dia:

ANASTASIA STEELE, confusa e deslumbrada, chega aos bilionários domínios de Grey, Christian Grey. Sem que se dê conta, começa ali seu relacionamento de sevícias e escravidão sexual e emocional.
MARIA DE NAZARÉ, apaixonada por Deus, chega ao belo átrio do Templo de Deus, o Deus de Israel. Consciente e determinada, inicia ali, com alegria, sua vida de livre e feliz consagração a Deus.

ANASTASIA STEELE é seduzida pelo pretenso cavalheirismo, conversa sedutora e presentes caros de Christian.
MARIA DE NAZARÉ é livremente atraída pelo autêntico e verdadeiro amor de Deus que lhe deu a maior riqueza – ser purificada de todo pecado original – e lhe confia Seu Bem mais caro: o próprio Filho Jesus Cristo.

ANASTASIA STEELE, enceguecida, a confundir amor e prazer, recebe algemas de um sádico tirânico e violento, que a escraviza e compra sua mudez.
MARIA DE NAZARÉ, lúcida e em pleno uso da razão, recebe o anúncio de um anjo de Deus que a respeita e a deixa inteiramente livre para aceitar ou não ser mãe do Seu Filho pela ação do Espírito Santo, que lhe revela sua incomparável dignidade e a faz cantar em alto e bom som sua alegria na casa de Isabel.

ANASTASIA STEELE é ultrajada, desrespeitada, dominada, violentada por um homem egoísta, doente, obcecado pelo prazer, dinheiro e poder.
MARIA DE NAZARÉ é consultada, respeitada, libertada, amada pelo Deus de amor, de justiça, de liberdade, de esvaziamento de si por amor a ela e a todos os homens.

ANASTASIA STEELE é usada, rebaixada, como um objeto desprezível. Já doente e muitas vezes alcoolizada, já dependente do sexo sádico, já masoquista, consente em ser abusada, violentada, seviciada, destruída no corpo e na alma.
MARIA DE NAZARÉ entrega-se livre e cheia de amor à vontade de Deus de que seja a Virgem Mãe do Seu Filho. Lúcida, vive a obediência da fé e é elevada por Deus como A Mulher. Por amor a Deus e à humanidade, consente em ser a Bendita Mãe de Deus.

ANASTASIA STEELE consente no sexo sem amor e se faz estéril. Nega sua vocação à maternidade. Pela negação da graça, gera morte.
MARIA DE NAZARÉ consente na ação da graça da vontade de Deus. Sem conhecer homem, é fecunda. Acolhe sua vocação única à Maternidade e Virgindade. Pela ação do Espírito, gera Vida.

ANASTASIA STEELE não ama. Doente, manipulada, engana-se e confunde paixão com amor. Aliena-se em seu corpo, mente e alma. Entra em caminho de autodestruição.
MARIA DE NAZARÉ ama, com o amor que vem de Deus, o amor que se esquece de si. Na Anunciação, conhece o amor da Trindade, amor de doação. Mergulha na realidade e beleza da salvação. Entra em caminho para a feliz vida eterna.

ANASTASIA STEELE é escrava do prazer pelo prazer. Sente o vazio e o amargo gosto da solidão e falta de sentido quando findam os momentos de prazer. Seu mórbido e masoquista prazer é deixar-se ultrajar, humilhar e ferir por um homem sádico, doente, psicopata, egoísta.
MARIA DE NAZARÉ é livre serva do Senhor, na libertação da vivência do amor, da doação de si. Nunca sentiu solidão, pois Deus lhe era fiel em seu amor. O amor a Deus é o sentido inesgotável de sua vida. Seu prazer é fazer a vontade do Deus de bondade, ternura e amor.

ANASTASIA STEELE está marcada para sempre pela dor de ser usada e abusada como reles objeto de sádico prazer, em seu corpo e em sua alma, pois não há nada que se dê no corpo que não ocorra, ainda mais profundamente, na alma.
MARIA DE NAZARÉ está marcada para sempre pela alegria e exultação em Deus que a libertou do pecado e a santificou no corpo e na alma, pois não há nada que se dê profundamente na alma que não se reflita no corpo.

ANASTASIA STEELE, virgem ao encontrar Christian, desprezou e ultrajou a beleza da castidade.
MARIA DE NAZARÉ escolheu livremente a castidade e foi virgem antes, durante e depois do parto.

ANASTASIA STEELE vendeu-se. Foi abusada, sugada, desgastada. Tornou-se sensual, viciada e viciosa.
MARIA DE NAZARÉ deu-se gratuita e inteiramente. Foi plenificada de graça, de alegria, de gratidão. Tornou-se ainda mais forte, pura, vitoriosa em Deus.

ANASTASIA STEELE é doente, escura, do escuro negro do mais fechado tom de cinza. Cor negra do pecado, segundo Santa Teresa.
MARIA DE NAZARÉ é sadia, luminosa, da reluzente e íntegra luz sem sombras da Verdade. Luz plena da graça, segundo a Palavra.

ANASTASIA STEELE é infeliz iludida, ludibriada pela mentira, escrava do efêmero.
MARIA DE NAZARÉ é feliz conhecedora da Verdade, que a liberta e conduz à feliz eternidade.

ANASTASIA STEELE foi ferida pelo ódio sádico com chicotes, grampos e correntes. Presa ferida, ultrajada por seu algoz.
MARIA DE NAZARÉ teve o coração transpassado de dor e amor ao compartilhar a dor e a missão de seu Filho inocente, ferido pelo ódio injusto. Dilacerado por chicotes, preso com correntes para curar as feridas de todos os homens e libertá-los de escravidões ultrajantes, como as de Anastasia e Christian.

ANASTASIA STEELE escolheu a autodestruição.
MARIA DE NAZARÉ escolheu a autodoação.

ANASTASIA STEELE é alucinada fantasia.
MARIA DE NAZARÉ é autêntica realidade.

ANASTASIA STEELE escolheu o prazer. E ele passa!
MARIA DE NAZARÉ escolheu o amor. E ele é eterno!

ANASTASIA STEELE escolheu o álcool, o sexo doentio, a manipulação.
MARIA DE NAZARÉ escolheu a lucidez, a castidade, a liberdade interior.

ANASTASIA STEELE conheceu 50 tons de mentira e ilusão, fantasia e morbidez. 50 tons de escuridão, nebulosidade, engano, mentira.
MARIA DE NAZARÉ conhece apenas 1 tom de Verdade. A verdade é plena luz, não apresenta nem tons nem nuances. É “sim, sim; não, não”.

ANASTASIA STEELE faz mal a milhões de adolescentes, jovens, mulheres, homens e crianças.
MARIA DE NAZARÉ faz bem e intercede por todas as crianças, adolescentes, jovens, mulheres e homens. Ainda que a desprezem, ainda que não a conheçam.

ANASTASIA STEELE escolheu, covardemente, viver na carne.
MARIA DE NAZARÉ corajosamente, escolheu viver no Espírito.

ANASTASIA STEELE escolheu a escravidão à idolatria a Christian.
MARIA DE NAZARÉ escolheu a liberdade do amor a Cristo.

ANASTASIA STEELE ??? Ninguém mais ouvirá falar dela e de suas insanas fantasias destrutivas dentro de alguns meses.
MARIA DE NAZARÉ!!! Ninguém que a conheça a esquecerá ou ficará indiferente a ela!

ANASTASIA STEELE não conheceu nem amou Maria de Nazaré. Não daria nada por ela.
MARIA DE NAZARÉ amou e ama todas as infelizes e reais Anastasia Steele. Deu sua vida e seu Filho por elas.

Eu escolhi lutar para me parecer com Maria, embora muito, muito pecadora. Escolhi o Espírito, a vida plena no Espírito. VOCÊ, com quem escolhe se parecer?

Tags:
EntretenimentoMaria
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia