Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Terça-feira 19 Outubro |
Santos Mártires Canadenses
Aleteia logo
home iconEstilo de vida
line break icon

Carta de um missionário que se prepara para morrer

© columbanos.org

Sociedad Misionera de San Columbano - publicado em 17/03/15

O testemunho de uma vida de fidelidade à missão

Em 1995, fui enviado como missionário pela Igreja, por meio dos Padres de São Columbano, às Filipinas. Não sei exatamente como fui escolhido pela Igreja para ser missionário e, como tal, enviado a evangelizar os filipinos, mas sempre tive a mais firme convicção de que sê-lo foi o principal fio do tecido da minha vida como sacerdote e como homem.

Há 7 anos, diagnosticaram-me câncer de cólon. Este câncer é bastante aterrador, tanto que até me perguntei se a minha vida como missionário havia chegado ao seu fim, mas, depois de uma cirurgia e quimioterapia, fiquei livre para voltar ao meu trabalho, tanto de evangelizar como de ser evangelizado pelos filipinos, já que isso era o que estava acontecendo.

No entanto, depois de um ano, surgiu um novo câncer nos pulmões, e fiz mais 5 anos de quimioterapia, durante os quais tive a oportunidade de continuar como um missionário muito feliz e produtivo. Foi assim até julho de 2002, quando tive de voltar a Omaha para fazer radioterapia e uma nova quimioterapia.

Enquanto isso, cumpri 75 anos de vida, mas a quimioterapia minou minhas forças, e os filipinos me perguntavam, pelo telefone e por carta, quando é que eu "voltaria para casa". Meu corpo e meu médico me disseram que não seria tão cedo. Mas eu achava que, de fato, voltaria. Afinal de contas, eu era um missionário e minha vocação era para a vida inteira. Como sacerdote e como homem, eu não conhecia outra vida nem queria nenhuma outra.

Então, meu último tratamento com quimioterapia não surtiu efeito, e o câncer estava crescendo novamente. Não estou particularmente assustado com esta notícia, mas me entristece. Continuo sendo um missionário quando já não posso estar com aqueles com quem passei a vida inteira?

Agora, posso dedicar mais tempo à oração e à meditação da Palavra de Deus, mas não sei se rezo melhor do que antes. Tenho mais tempo para recordar com grande alegria as centenas de pessoas que me chamaram de "padre", "pai". Seu amor me sustentou durante tanto tempo!

Sempre considerei que um sacerdote precisa ser um homem de oração para ser digno de qualquer coisa, e um sacerdote missionário, mais ainda que os outros.

Ainda que minha oração seja pobre, percebi que, por enquanto, é a única maneira que tenho de ser missionário, e me comprometo a continuar fazendo isso enquanto tiver forças.

Talvez eu possa aplicar a mim mesmo o que preguei a tantos idosos e outros doentes: que estes momentos podem ser mais produtivos que qualquer outro momento de uma longa carreira missionária.

(O Pe. Jim McCaslim faleceu no dia 16 de setembro daquele ano)

Tags:
CâncerMissionáriosTestemunho
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Pe. Zezinho
Reportagem local
Pe. Zezinho faz alerta sobre orações de cura e libertação
2
AVENIDO BROTHERS
Agnès Pinard Legry
Três irmãos são ordenados padres no mesmo dia
3
MARRIAGE
Matrimonio cristiano
Beijar a aliança todos os dias: uma indulgência especial aos casa...
4
COMMUNION
Philip Kosloski
Oração ao seu anjo da guarda antes de receber a comunhão
5
Aleteia Brasil
O segredo da cidade bósnia onde jamais houve um divórcio
6
Reportagem local
O grande crucifixo submerso que só pode ser visto quando o lago c...
7
VENEZUELA
Ramón Antonio Pérez
Quando a vida surge do abuso atroz a uma jovem deficiente
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia