Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Terça-feira 13 Abril |
home iconAtualidade
line break icon

Kerry afirma que Assad é ‘ditador brutal e sem legitimidade’

<p>O secretário de Estado americano John Kerry, em Washington, DC, no dia 25 de março de 2015</p>

AFP - publicado em 26/03/15

O secretário americano de Estado, John Kerry, reafirmou nesta quarta-feira que o presidente sírio, Bashar al Assad, é "um ditador brutal e sem legitimidade para dirigir" seu país, dez dias após ter declarado que "é necessário negociar" com o chefe de Estado sírio.

Antes de viajar à Suíça com a esperança de concluir um acordo sobre o programa nuclear iraniano, John Kerry e sua subsecretária para o Oriente Médio, Anne Patterson, se reuniram nesta quarta-feira com o ex-presidente do Conselho Nacional Sírio (CNS), Moaz Al Jatib, que liderou este organismo da oposição síria moderada entre novembro de 2012 e abril de 2013.

Os três dirigentes discutiram "sobre como alcançar uma solução política para a crise na Síria", segundo comunicado do departamento de Estado.

"O secretário de Estado reafirmou nosso compromisso de buscar, por todos os meios diplomáticos, uma transição política baseada nos princípios de Genebra".

Kerry afirmou ao opositor sírio Jatib que "Bashar al Assad é um ditador brutal sem qualquer legitimidade para dirigir a Síria".

Em 15 de março passado, durante entrevista à rede de televisão CBS, o chefe da diplomacia americana declarou que "no final será preciso negociar" na Síria. "Sempre fomos partidários das negociações com base no processo (de paz) Genebra I".

Ao ser perguntado se estava disposto a negociar com o presidente sírio, Kerry respondeu: "se ele estiver disposto a empreender negociações sérias sobre como aplicar (os acordos de) Genebra 1, é claro".

No verão de 2012, as grandes potências redigiram um documento – chamado "Genebra 1" – no qual pediam a instalação na Síria de um governo de transição com plenos poderes, mas sem fazer referência clara ao futuro do presidente Assad.

Em janeiro de 2014, a conferência de paz "Genebra 2", com a participação de representantes do regime em Damasco e a oposição moderada, não permitiu qualquer resultado concreto.

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Top 10
1
PRINCE PHILIP
Cerith Gardiner
11 fatos interessantes sobre o falecido príncipe Philip
2
Jim Caviezel
J-P Mauro
Jim Caviezel fez o que pode ser considerado um dos maiores discur...
3
DIVINE MERCY
Reportagem local
Como obter indulgência plenária no Domingo da Divina Misericórdia...
4
CARDEAL RANIERO CANTALAMESSA
Francisco Vêneto
Desobediência à Igreja dilacera a fraternidade católica, diz preg...
5
Reportagem local
Santo Sudário, novo estudo: “Não é imagem de morto, mas de ...
6
LOVE AND MERCY FILM
Aleteia Brasil
O filme sobre Santa Faustina e a Divina Misericórdia já está disp...
7
Pe. Gabriel Vila Verde
Reportagem local
Ditadores proibiram missas ao longo da história, recorda pe. Gabr...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia