Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sábado 23 Outubro |
São João de Siracusa
Aleteia logo
home iconAtualidade
line break icon

Tunísia confirma que abateu líder do principal grupo jihadista local

<p>Imagem divulgada pelo Ministério do Interior da Tunísia mostra o líder da Brigada Okba Ibn Nafaa, Abu Sakhr Lokman</p>

AFP - publicado em 30/03/15

O governo da Tunísia disse neste domingo que as forças de segurança abateram o líder da principal organização jihadista local, Okba Ibn Nafaa, acusado de "coordenar" o ataque ao Museu do Bardo, no qual 22 pessoas morreram este mês.

As forças da Tunísia conseguiram "matar ontem (sábado) à noite os membros mais importantes do grupo Okba Ibn Nafaa, incluindo seu líder, Abu Sakhr Lokman", afirmou o primeiro-ministro tunisiano, Habib Essid, que descreveu a operação a repórteres como importante passo "na luta contra o terrorismo".

O anúncio foi feito enquanto a avenida 20 de março, que liga a praça Bab Saadoun ao Museu do Bardo, estava cheia de pessoas que participavam de uma grande marcha "contra o terrorismo" organizada pelas autoridades tunisianas, na qual se esperava a participação de líderes estrangeiros, incluindo o presidente francês, François Hollande.

Abu Sakhr foi morto durante uma operação das forças especiais na região de Gafsa (centro-oeste), na qual nove jihadistas armados morreram.

O Okba Ibn Nafaa, braço tunisiano da Al-Qaeda no Magrebe Islâmico (AQIM), é responsável, segundo as autoridades, por muitos ataques contra o exército e a polícia desde o final de 2012, deixando dezenas de mortos.

Para a Tunísia, este grupo também está por trás do ataque ao Museu do Bardo, que deixou 22 mortos (21 turistas estrangeiros e um policial tunisiano), embora tenha sido o grupo jihadista Estado Islâmico (EI), e não o AQIM, que assumiu a responsabilidade pelo atentato cometido por dois tunisianos armados com Kalashnikovs.

"A operação terrorista [do Museu] foi liderada pelo terrorista Lokman Abu Sakhr", afirmou na última quinta-feira o ministro do Interior, Najem Gharsalli.

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
VENEZUELA
Ramón Antonio Pérez
Quando a vida surge do abuso atroz a uma jovem deficiente
2
Casal brasileiro com 8 filhos espera gêmeos
Francisco Vêneto
Jovem casal brasileiro com 8 filhos espera gêmeos: “cada um vale ...
3
Reportagem local
A bela lição que este menino deu a todos ao se aproximar do Papa
4
Carlo Acutis
Gelsomino Del Guercio
“Ele fechou os olhos sorrindo”: foi assim que Carlo Acutis morreu
5
São José
Francisco Vêneto
Padre irmão de piloto de avião partido em dois: “São José tem mui...
6
Papa Emérito Bento XVI
Francisco Vêneto
Bento XVI: “Espero me unir logo” aos amigos que já estão na etern...
7
JESUS
O São Paulo
Que os mortos enterrem seus mortos: o que Jesus quis dizer com is...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia