Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quarta-feira 04 Agosto |
São João Maria Vianney
home iconAtualidade
line break icon

Talibãs publicam a biografia de seu líder, o mulá Omar

<p>(Arquivo) Cartaz de busca do mulá Omar lançado pelo exército americano no sul do Afeganistão em novembro de 2001</p>

AFP - publicado em 06/04/15

Os talibãs afegãos publicaram no fim de semana a biografia de seu líder histórico, o mulá Omar, uma iniciativa que segundo os analistas pretende apresentar uma resposta à influência cada vez maior do grupo Estado Islâmico (EI) na região.

Há vários meses, as autoridades afegãs constatam um avanço do EI e, recentemente, vários ex-comandantes talibãs juraram lealdade a esta organização jihadista, que controla vários territórios do Iraque e da Síria, nos quais proclamou um califado.

A biografia em inglês do mulá Omar, publicada no domingo no site oficial dos insurgentes, marca o 19º aniversário de sua designação como líder supremo dos talibãs em 4 de abril de 1996 em uma assembleia em Kandahar, sudoeste do Afeganistão.

O texto afirma que o mulá Omar continua envolvido em "atividades jihadistas", uma forma de silenciar os boatos de que o líder dos talibãs estaria morto.

"Apesar de ser perseguido a todo momento pelo inimigo, não se observou nenhuma mudança ou perturbação em sua rotina de trabalho", destaca a biografia do mulá, objeto de uma recompensa do governo dos Estados Unidos de até 10 milhões de dólares por informações que levem a sua captura.

"Segue e supervisiona (…) as atividades contra os cruéis invasores estrangeiros", completa o texto.

A biografia está repleta de anedotas ocorridas e, combate revela que a "arma preferida" do mulá Omar é o RPG-7, um lança-granadas antitanque de fabricação russa.

A surpreendente publicação da curta biografia "tem vários aspectos estratégicos", explica à AFP Ahmed Sayedi, um especialista na questão talibã.

"O mais importante deles é fazer frente ao Daesh", acrônimo em árabe da organização Estado Islâmico, a nível local, destaca.

"O anúncio busca também mostrar que o mulá Omar está vivo, que está bem e que mantém o controle enquanto líder supremo dos talibãs", afirma Sayedi.

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Reportagem local
Gritos levam polícia à casa de dois idosos, que choravam copiosam...
2
Sintomas da depressão
Reportagem local
8 sintomas físicos da depressão: fique atento a si mesmo e ao seu...
3
Philip Kosloski
Mesmo com ouro e glória, Michael Phelps foi ao fundo do poço – ma...
4
MAN
Reportagem local
Oração da noite para serenar o espírito e pacificar a ansiedade
5
Pe. Edward Looney
Padre revela: por que sempre levo água benta comigo ao viajar
6
sacerdotes
Reportagem local
Suicídio de sacerdotes: desabafo de padre brasileiro comove as re...
7
Aleteia Brasil
Sorrisão e joelhos: 2 pais brasileiros e seus bebês que emocionar...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia