Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

EI executa quatro homens por roubo e assassinato no Iraque

Bandeira do grupo jihadista Estado Islâmico hasteada do outro lado da barreira que marca a primeira linha dos confrontos entre peshmerga curdos e militanyes islamitas em Rashad, Iraque

Compartilhar

O grupo Estado Islâmico (EI) decapitou quatro homens por roubo a mão armada e assassinato na região norte do Iraque, segundo um vídeo de propaganda divulgado na internet e assistido pela AFP.

O vídeo, sem data, pretende ser uma demonstração de que o grupo ainda é capaz de manter a lei e a ordem e de aplicar a justiça no Iraque, apesar de ter sido obrigado a abandonar várias áreas do país com o avanço das forças iraquianas, apoiadas pelo Irã e pela coalizão liderada pelos Estados Unidos.

Nas imagens, um miliciano encapuzado lê diante de uma multidão as acusações contra os quatro homens, condenados pela "Corte Islâmica do Estado de Nínive".

Em seguida, um carrasco, também com o rosto coberto, decapita os quatro com uma espada.

Depois que o EI assumiu o controle de amplos territórios do Iraque, as forças de segurança e seus aliados paramilitares conseguiram nos últimos meses expulsar os jihadistas de boa parte de duas províncias ao norte da capital Bagdá.

Nínive, onde parece que o vídeo foi gravado, foi a primeira província a cair nas mãos do EI e continua sendo o principal reduto do grupo no país.