Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Domingo 11 Abril |
São Miguel de los Santos
home iconAtualidade
line break icon

Aos líderes de governo na VII Cúpula das Américas: “Não sejam reféns de minorias”

© Andy Dean Photography/SHUTTERSTOCK

Jaime Septién - publicado em 09/04/15

Organizações da sociedade civil pedem políticas públicas efetivas que protejam a família

Organizações da sociedade civil, legisladores e intelectuais de 18 países da América Latina fizeram ontem um apelo aos presidentes e chefes de Estado das nações da região para que “promovam políticas públicas que incidam de maneira eficaz e efetiva na reintegração e no fortalecimento das famílias”.

Eles participam do “Encontro Internacional Família na América Latina: Estabilidade Econômica e Desafios Demográficos” e se dirigiram aos líderes que se reúnem a partir de hoje na Cidade do Panamá para a VII Cúpula das Américas, alertando que, sem políticas públicas que protejam de fato a família, não serão resolvidos os graves problemas sociais que afligem a região em seu conjunto.

O encontro das organizações civis defensoras da família foi organizado na capital panamenha logo antes da VII Cúpula das Américas, que acontece nestes dias 10 e 11 de abril. As organizações divulgaram uma Declaração Política em que afirmam que, quando a família está doente e desarticulada, a sociedade e os países também estão enfermos.

“Como sociedade civil organizada, demandamos um trabalho responsável para que funcionários e legisladores compreendam a importância de desenvolver políticas públicas e adotem medidas efetivas de promoção, cuidado e proteção da família”, diz o comunicado, que, de maneira muito clara, exige dos governos “um trabalho de definição de programas de governo efetivos e eficazes”.

A Declaração Política prossegue: “Desarticular e minar a força natural da família só gera altos custos para a sociedade, porque os efeitos dessa postura se traduzem em mais violência, abuso sexual, gravidez adolescente, dependências químicas, alcoolismo e criminalidade organizada”.

O comunicado pede que os governos garantam sociedades democráticas sadias e viáveis, já que muitas delas, sendo “reféns de minorias” que não representam a população majoritária da América Latina, se tornam “sociedades sem rumo”. A família, observa o texto, é “um ativo insubstituível para o desenvolvimento dos povos”.

Além de enfatizar que a família é “o principal e mais importante capital social de toda sociedade”, os participantes do Encontro no Panamá definiram a família como “o eixo central da sociedade”, que, portanto, “deve ser o foco fundamental das políticas públicas, independentemente de cores, interpretações e ideologias”.

“Defender a família é um fator determinante de coesão social. A família une a todos; a família e a sua proteção são responsabilidade do governo e da sociedade de maneira conjunta”, conclui o comunicado.

O secretário de Estado do Vaticano, cardeal Pietro Parolín, participará da VII Cúpula das Américas como enviado especial do papa Francisco.

Tags:
FamíliaMundoPolíticaSociedade
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia