Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Alimente o seu espírito. Receba grátis os artigos da Aleteia toda manhã.
Inscreva-se

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Papa Francisco telefona para a… Antártida!

Pope Francis - Giulio Napolitano / Shutterstock.com
VATICAN CITY, VATICAN - APRIL 09 : Pope Francis greets the pilgrims during his weekly general audience in St Peter's square at the Vatican on April 09, 2014. Image ID: 186370886
Compartilhar

A manhã do sábado santo foi muito especial para Gabriel Almada, suboficial na base da Força Aérea argentina

Quando se tornou Papa, Francisco disse que foram buscá-lo quase no fim do mundo.
 
Ao sul da Patagônia, que a Argentina compartilha com o Chile, situa-se a Antártida. E foi para esse lugar que o Papa ligou no sábado passado, Sábado Santo.
 
Às 7h15 da manhã, tocou o telefone do suboficial Gabriel Almada, encarregado das comunicações na base argentina Marambio. Ele estava dormindo e acordou com o telefone tocando. Hesitou em atender, por questões de segurança, pois o número de quem ligava não era identificado, aparecia como "número privado".
 
– Falo com o Sr. Almada? – perguntou a voz do outro lado.
 
Desconfiado, o suboficial perguntou várias vezes:
 
– Quem está falando?
 
Por alguns instantes, a conversa foi tensa, até que o Papa Francisco "percebeu que eu não ia dar o braço a torcer e estava a ponto de desligar o telefone", e então revelou sua identidade.
 
"Fiquei paralisado. Uma emoção muito grande, que nunca pensei que viveria em minha vida", contou em uma entrevista televisiva à emissora TN.
 
Gabriel havia enviado um e-mail ao Santo Padre, pedindo-lhe que escrevesse umas linhas de saudação à sua equipe por ocasião da Páscoa, mas nunca imaginou que o Papa telefonaria para ele.
 
De fato, ele pediu desculpas ao Papa: "Eu esclareci que não era minha intenção que ele ligasse, porque me parece um atrevimento pedir-lhe isso. Expliquei que eu simplesmente queria uma mensagem escrita para minha equipe, mas que estava imensamente grato pela ligação".
 
Gabriel viveu o longo diálogo com muita emoção e, depois de desligar, chorou como uma criança. "O que mais ficou gravado no meu coração foi sua humildade, sua forma de falar… Só o fato de ter ligado já emocionou todo mundo da base. É algo inexplicável", disse.
 
Entre suas funções na base, Gabriel se encarrega da capela de Nossa Senhora do Luján, e foi devidamente autorizado como ministro da Eucaristia.
 
Nesta capela, ele cuida de uma réplica de Nossa Senhora do Luján. Também tem um cofre com um solidéu do Papa Francisco e um terço abençoado por ele.
 
A base Marambio, fundada em 1969, é uma base científica e militar permanente situada na ilha antártida Marambio, dependente da Força Aérea Argentina, com capacidade para albergar mais de 50 habitantes.
Boletim
Receba Aleteia todo dia