Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Segunda-feira 23 Novembro |
Santo Anfilóquio
home iconAtualidade
line break icon

Para Washington, Londres e Oslo, eleições no Sudão não são confiáveis

<p>Um sudanês deposita seu voto em uma urna, em Cartum, no dia 16 de abril de 2015</p>

AFP - publicado em 21/04/15

Estados Unidos, Grã-Bretanha e Noruega denunciaram nesta segunda-feira o Sudão, que segundo eles não foi capaz de organizar eleições livres e confiáveis na semana passada.

Os três países afirmaram, em uma declaração conjunta, que lamentam "o fracasso do governo do Sudão na hora de organizar eleições livres, justas e em um clima propício".

Marcadas por uma escassa participação, as eleições presidenciais e legislativas nacionais e regionais foram celebradas entre a segunda e a quinta-feira passadas. O presidente Omar al-Bashir e seu partido têm a vitória garantida.

Washington, Londres e Oslo incluíram a escassa participação na lista de "restrições à liberdade e aos direitos políticos".

As eleições se caracterizaram por vários problemas.

"O resultado desta votação não poderá ser considerado a expressão confiável da vontade do povo sudanês", acrescentaram os três governos. "Condenamos os atos de violência durante o período eleitoral e continuamos apoiando os sudaneses que querem fazer avançar um processo político pacífico e legítimo", destinado a realizar reformas e alcançar a estabilidade do país.

Depois de chegar ao poder em 1989, por meio de um golpe de Estado, o general al-Bashir, de 71 anos, tem praticamente assegurada a reeleição para um novo mandato de cinco anos, pois enfrenta candidatos pouco conhecidos e a maioria da oposição boicotou o pleito.

Al-Bashir é buscado pela Corte Penal Internacional (CPI) por crimes contra a humanidade e genocídio em Darfur.

Espera-se que os resultados das eleições sejam conhecidos no fim de abril e caso nenhum candidato tenha a maioria absoluta, será necessária a realização de um segundo turno.

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
FATHER PIO
Maria Paola Daud
Quando Jesus conversou sobre o fim do mundo c...
ŚWIĘTA TERESA WIELKA
Philip Kosloski
Oração de Santa Teresa de Ávila para acalmar ...
IOTA
Lucía Chamat
Imagem da Virgem resiste a furacão que devast...
EL TOCUY
Aleteia Brasil
Pe. Gabriel Vila Verde: há muita diferença en...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Aleteia Brasil
Atenção: versão falsa e satânica da Medalha M...
POPE AUDIENCE
Reportagem local
A oração de cura que pode ser dita várias vez...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia