Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Domingo 29 Novembro |
Bem-aventurados Dionísio da Natividade e Redento da Cruz
home iconAtualidade
line break icon

Itália pede combate aos "comerciantes de escravos" do Mediterrâneo

<p>Matteo Renzi discursa no Parlamento em Roma em 22 de abril de 2015</p>

AFP - publicado em 22/04/15

O governo da Itália pediu aos sócios da União Europeia (UE) um combate conjunto aos traficantes de seres humanos no Mediterrâneo, "comerciantes de escravos do século XXI", e propôs uma intervenção a longo prazo para ajudar na estabilização dos países ao sul da Líbia.

Em um discurso na Câmara dos Deputados, após um minuto de silêncio em memória das 800 vítimas do naufrágio de domingo passado, o primeiro-ministro italiano, Matteo Renzi, afirmou que "o que acontece hoje com o tráfico de pessoas" recorda a época em que se enviava milhares de escravos da África para a América.

"Não é apenas uma questão de segurança e de terrorismo, e sim de dignidade humana", declarou, um dia antes de uma reunião europeia que deve adotar medidas para lutar contra o tráfico de migrantes no Mediterrâneo.

Renzi, que se mostrou otimista a respeito da reunião, falou no domingo sobre a possibilidade de "intervenções dirigidas" contra os traficantes na Líbia.

A ministra da Defesa, Roberta Pinotti, afirmou que a Itália está "disposta a ficar à frente de uma missão internacional", se esta for aprovada pela ONU e a UE.

Renzi pediu um reforço das operações de vigilância marítima Triton e Poseidon, mas alertou contra as soluções simplistas.

As causas da emigração devem ser combatidas "da raiz", disse o chefe de Governo italiano.

Ao lado da ONU, a Europa "deve ter uma estratégia a longo prazo na África", com uma presença forte nos países ao sul da Líbia.

"A África deve se tornar o elemento chave da política italiana e mundial", disse.

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
POPE URBI ET ORBI
Reportagem local
Bênção Urbi et Orbi do Papa Francisco nesta s...
Folheto divulgado por Antônio Carlos da Silva
Reportagem local
Eu nasci mais ou menos em 1988: os 27 anos da...
READING
Gelsomino Del Guercio
3 regras fundamentais para os leitores da mis...
SANTUÁRIO DE APARECIDA INTERIOR BASÍLICA
Reportagem local
Suposto surto de covid-19 entre padres do San...
Jesús V. Picón
Padre com câncer terminal: perde os olhos, ma...
FATIMA
Philip Kosloski
Nossa Senhora de Fátima tem um conselho para ...
Medalha Milagrosa verdadeira ou falsa
Reportagem local
Cuidado: saiba distinguir entre a real Medalh...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia