Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Domingo 29 Novembro |
Bem-aventurados Dionísio da Natividade e Redento da Cruz
home iconPara Ela
line break icon

Meu marido é ciumento, às vezes violento. O que posso fazer?

© Shutterstock

Orfa Astorga - publicado em 24/04/15

Os consultores familiares da Aleteia respondem à pergunta de uma leitora

Pergunta

Meu esposo muitas vezes passa por delírios de ciúme, com crises explosivas, humilhando-me com horríveis desqualificações e insultos, porque “imagina” que cometo infidelidades. Ele fica o tempo todo reclamando disso injustamente. E me diz que, se tem ciúme de mim, é porque me ama muito, mas sei muito bem que isso não é verdade. Ele me vigia constantemente, sem perceber que, para mim, tudo isso é um ultraje. Às vezes, sinto vontade de ir embora de casa ou realmente ser infiel, como se ele estivesse me contagiando com suas frustrações e amarguras. Não sei o que fazer.

Resposta

Quem tem ciúme não sabe amar, é inseguro e desconfiado. O esposo que está seguro do carinho da sua esposa, não sentirá ciúme. Certamente, o ciúme tem sua base no afeto, mas se trata de um afeto que tem suas raízes na insegurança, pois o que se tem realmente é medo de perder o carinho da outra pessoa.

A pessoa ciumenta tem baixa autoestima; costuma se comparar e sair perdendo nesta comparação: acha que não ganha o suficiente, que não é bonito… Sempre encontra um motivo pelo qual “imagina” não ter valor e, por isso, pode ser trocado por outra pessoa.

Quando o ciúme se transforma em crises explosivas, em fria hostilidade ou agressividade descontrolada, a vítima precisa procurar instituições especializadas que, em primeira instância, procuram dar alívio e proteção a ela, sobretudo se há filhos pequenos.

Também é possível convidar o marido ciumento a receber ajuda profissional, para que reconheça seu problema e que desperte nele a vontade de ser curado, para recuperar a paz familiar e conjugal.

Um exemplo de recurso terapêutico, entre outros, é conseguir que o paciente expresse seus conflitos e sentimentos de maneira que dirija sua hostilidade a tarefas e objetos substitutos, ao mesmo tempo em que é ajudado a identificar as causas do problema para incorporar novas estratégias de autocontrole.

A própria identificação da origem do problema o ajudará a curar a doença do ciúme. Quando se demonstra a ele a presença de uma doença mental determinada, o cônjuge ciumento precisa se dirigir ao especialista no caso, mediante terapia e prescrição de remédios.

Não se trata somente de ver o custo do esforço em resolver o problema, mas de ver também os grandes benefícios a favor da relação de casal e de toda a família, ao adquirir a paz e a alegria dadas pelas virtudes. Isso faz todo esforço valer a pena.

Não podemos nos esquecer de que Deus acompanha nesta luta, dando suas graças a quem, agindo com retidão em suas intenções, se esforça por superar suas adversidades pessoais.

Tags:
Casamento
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
POPE URBI ET ORBI
Reportagem local
Bênção Urbi et Orbi do Papa Francisco nesta s...
Folheto divulgado por Antônio Carlos da Silva
Reportagem local
Eu nasci mais ou menos em 1988: os 27 anos da...
READING
Gelsomino Del Guercio
3 regras fundamentais para os leitores da mis...
SANTUÁRIO DE APARECIDA INTERIOR BASÍLICA
Reportagem local
Suposto surto de covid-19 entre padres do San...
Jesús V. Picón
Padre com câncer terminal: perde os olhos, ma...
FATIMA
Philip Kosloski
Nossa Senhora de Fátima tem um conselho para ...
Medalha Milagrosa verdadeira ou falsa
Reportagem local
Cuidado: saiba distinguir entre a real Medalh...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia