Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Segunda-feira 30 Novembro |
São Mirocletes
home iconAtualidade
line break icon

Avanço dos talibãs na cidade afegã de Kunduz provoca intensos combates

<p>Forças de segurança afegãs nos arredores de Kunduz em 2014</p>

AFP - publicado em 28/04/15

As forças afegãs tentavam nesta terça-feira deter o avanço dos talibãs em direção à cidade estratégica de Kunduz (norte) após a ofensiva dos insurgentes em vários distritos dos arredores, anunciaram as autoridades.

"Há combates intensos em várias localidades da província de Kunduz, mas enviamos reforços para deter o avanço (dos talibãs)", disse à AFP Sayed Sarwar Husaini, porta-voz da polícia provincial.

Segundo Zamarai Paikan, outro funcionário da polícia local, entre os rebeldes talibãs figuram combatentes estrangeiros.

Imamudin Quraishi, governador do distrito de Imam Sahib, disse à AFP que a cidade precisa urgentemente de reforços.

"Os talibãs cercaram o distrito e se os reforços não chegarem o distrito vai cair nas mãos dos talibãs", disse. "Nos atacam por três lados, e não temos forças suficientes para freá-los", estimou.

Até o momento não há nenhum balanço de vítimas civis, mas em um comunicado o ministério do Interior informou nesta terça-feira sobre a morte de 27 talibãs, entre eles seu comandante local, em uma operação na noite de segunda-feira.

Os talibãs negaram e afirmam que seguem avançando em direção à cidade.

Na sexta-feira, centenas de combatentes talibãs atacaram posições da polícia e do exército nos arredores da cidade, no primeiro dia da chamada ofensiva de primavera, e pouco a pouco foram avançando pelos subúrbios da capital provincial de Kunduz, segundo as mesmas fontes.

Nesta terça-feira, as ruas da cidade de Kunduz estavam desertas, com lojas fechadas por medo de que os talibãs se apoderem dela.

"Os combates serão retomados e apagaremos todos os benefícios dos últimos 13 anos. Agora tenho uma loja, não quero perdê-la. Não queremos mais guerra civil", declarou Ahmad Luqman, um comerciante.

Os talibãs do mulá Omar iniciam todos os anos nesta época uma ofensiva contra as forças estrangeiras que os expulsaram do poder no fim de 2001 e contra seus aliados afegãos.

Neste ano, as força afegãs encontram-se pela primeira vez sozinhas na linha de frente, em meio a um período de instabilidade pelo fim da missão da Otan no país (Isaf), que terminou com suas operações em dezembro.

A Aliança Atlântica mantém, no entanto, uma força residual de 12.500 soldados – 9.800 deles americanos – para formar as forças afegãs.

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
READING
Gelsomino Del Guercio
3 regras fundamentais para os leitores da mis...
Aleteia Brasil
Oração do Advento
SANTUÁRIO DE APARECIDA INTERIOR BASÍLICA
Reportagem local
Suposto surto de covid-19 entre padres do San...
Jesús V. Picón
Padre com câncer terminal: perde os olhos, ma...
OLD WOMAN, WRITING
Cerith Gardiner
A carta de uma irlandesa de 107 anos sobre co...
FIRST CENTURY HOUSE AT THE SISTERS OF NAZARETH SITE
John Burger
Arqueólogo diz ter encontrado a casa onde Jes...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia