Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quinta-feira 26 Novembro |
São Silvestre Guzzolini
home iconAtualidade
line break icon

Música contemplativa e canto gregoriano: a oração cantada da Igreja

Aleteia Vaticano - publicado em 05/05/15

Ouça a sublimidade do gregoriano nas vozes dos monges beneditinos de um mosteiro de 1400 anos

A MÚSICA CRISTÃ

Segundo os pensadores medievais, há dois modos de degustar a música:
– a forma vulgar, que fica no sensível, no prazer imediato da orelha afagada pelos sons doces;
– a forma intelectual, que eleva a beleza sonora até o mundo das proporções inteligíveis, até o próprio Deus.

Na primeira forma, os compositores se comprazem na simples audição e compõem segundo o seu capricho. Na segunda forma, compõem segundo as regras.

Para os sábios, a música é uma atividade intelectual e contemplativa. Ouvindo-a com inteligência, penetra-se no mundo dos mistérios sublimes, das regras da harmonia, dos números eternos. Assim faziam os antigos, mas os cristãos sobem mais alto e chegam até a Unidade, a Fonte de toda harmonia, o Criador de toda beleza, a Felicidade absoluta. A música, assim, se dilata em êxtase místico.

A sinfonia é a imagem do universo unificado em Deus. Guilherme de Auvergne vê nas notas mais altas a harmonia das criaturas mais sublimes. Para ele, os sons graves são signo dos seres materiais. Todo concerto é o símbolo da harmonia cósmica, da fabulosa unidade do universo estruturado com hierarquia e proporção.

O CANTO GREGORIANO

Dentro da música cristã, o ápice é ocupado pelo canto gregoriano. Trata-se de um gênero vocal monofônico e monódico (de uma só melodia), sem acompanhamento instrumental (ou somente acompanhado pelo organum). Suas características básicas são uma herança dos salmos judaicos e das escalas musicais gregas, que, no século VI, foram adaptadas por São Gregório Magno para as celebrações litúrgicas da Igreja. O texto é a razão de ser do canto gregoriano, com total primazia sobre a melodia. O canto gregoriano, afinal, se baseia no princípio de que "quem canta ora duas vezes".

Na década de 1990, tornou-se mundialmente reconhecido como um "centro de excelência" na preservação e execução do canto gregoriano o mosteiro espanhol de Santo Domingo de Silos, uma abadia beneditina localizada na província de Burgos. O mosteiro remonta à época visigótica, no século VII, e foi passando por fases de decadência e ressurgimento ao longo dos séculos. Seu claustro, aliás, é uma das obras-primas do românico espanhol.

No vídeo acima, você pode ouvir um exemplo da beleza sublime da oração cantada que é o gregoriano, nas vozes dos monges beneditinos de Silos.

* Com excertos de Edgar de Bruyne, “Études d’esthétique médiévale”, tomo 2, Albin Michel, Paris; citado no blog Glória da Idade Média.

Tags:
ArteHistória da IgrejaMúsica
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
MARYJA
Philip Kosloski
A melhor oração mariana para quando você prec...
Papa Francisco com máscara contra covid
Reportagem local
As 3 “covids” do Papa Francisco
WEB2-COMMUNION-EUCHARISTIE-HOSTIE-GODONG-DE354465C-e1605635059906.jpg
Reportagem local
Internado na UTI, Pe. Márlon Múcio continua c...
pildorasdefe.net
Por que você não vai para frente? Talvez este...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Confissão não é para contar problemas, mas para contar pecados
Pe. Gabriel Vila Verde
Confissão não é para contar problemas, mas pa...
RED WEDNESDAY
Reportagem local
Perseguição aos cristãos no mundo é denunciad...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia