Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Segunda-feira 23 Novembro |
Santo Anfilóquio
home iconAtualidade
line break icon

Dominado por republicanos, Congresso dos EUA aprova orçamento para 2016

<p>O Capitólio, em Washington, DC, no dia 19 de março de 2014</p>

AFP - publicado em 06/05/15

O Congresso americano, controlado pelos republicanos, aprovou nesta terça-feira o orçamento para 2016, que prevê uma forte redução de programas sociais, de educação e de saúde.

O orçamento, de US$ 3,871 trilhões para o ano fiscal que começa em 1º de outubro de 2015, levaria à eliminação total do déficit público americano público americano até 2024, quando em 2014 representava 2,8% do PIB, segundo os líderes republicanos.

Uma resolução orçamentária, não vinculante, é um documento que guia a elaboração das leis de finanças. Estas leis definirão os créditos exatos para cada agência federal e deverão ser adotadas antes de 1º de outubro, o que dá lugar, todo ano, a uma batalha entre republicanos e democratas, que conservam uma minoria de bloqueio no Senado.

O Senado aprovou o orçamento na última leitura na terça-feira, por 51 votos a 48. Os democratas votaram contra.

O texto, que tinha sido previamente harmonizado com o aprovado pela Câmara de Representantes, também controlada pela oposição, prevê um procedimento para abolir a reforma do sistema de saúde, auspiciada pelo presidente Barack Obama, o chamado "Obamacare". Essa decisão pode ser vetada pelo chefe de Estado.

Os programas públicos de seguro de saúde para os mais desfavorecidos (Medicaid) e maiores de 65 anos (Medicare) seriam sensivelmente reduzidos. A atual relação de forças faz com que estas reformas não tenham nenhuma possibilidade de êxito.

Mais de dois terços do orçamento federal vai para os gastos chamados "obrigatórios", como serviço da dívida, Medicaid, Medicare, bônus alimentares e sistema público de previdência social.

O restante se divide entre a Defesa (US$ 523 bilhões) e as demais agências federais (US$ 493 bilhões), gastos excepcionais para operações militares no exterior (US$ 96 bilhões) e catástrofes naturais (US$ 7 bilhões).

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
FATHER PIO
Maria Paola Daud
Quando Jesus conversou sobre o fim do mundo c...
ŚWIĘTA TERESA WIELKA
Philip Kosloski
Oração de Santa Teresa de Ávila para acalmar ...
IOTA
Lucía Chamat
Imagem da Virgem resiste a furacão que devast...
EL TOCUY
Aleteia Brasil
Pe. Gabriel Vila Verde: há muita diferença en...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Aleteia Brasil
Atenção: versão falsa e satânica da Medalha M...
POPE AUDIENCE
Reportagem local
A oração de cura que pode ser dita várias vez...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia