Aleteia logoAleteia logoAleteia
Quarta-feira 17 Abril |
Aleteia logo
Estilo de vida
separateurCreated with Sketch.

Jornalista argentino comove ao vivo: “Meus pais podiam ter me abortado, mas escolheram a minha vida”

Adrian Pallares testemunho contra aborto

América TV

Aleteia Vaticano - publicado em 11/05/15

Durante programa sobre aborto, ele emociona ao falar da coragem de seus pais adolescentes

O programa de televisão "Café-da-Manhã Americano", do canal argentino América TV, apresentou no dia 1º de maio um depoimento de Nadia Terazzolo, ex-participante do reality show "Big Brother Argentina", no qual a jovem de 31 anos relatou que, quando era adolescente, foi forçada pelo então namorado a abortar. Mais grave ainda: o aborto foi cometido sem que ela tivesse conhecimento, já que o rapaz, durante uma viagem com ela, a levou dopada até uma clínica abortiva. Quando acordou, já enfaixada, Nadia se deu conta de que "tinham realizado o aborto em mim".

Durante o tenso depoimento sobre esta dupla violência contra mãe e bebê, outra surpresa tomou conta do programa televisivo. O jornalista Adrián Pallares testemunhou:

“A minha mãe ficou grávida aos 16 anos. Os meus pais se amavam, ainda se amam muito. Mesmo sendo adolescentes, eles resolveram me trazer ao mundo. Isso acontece com muita gente, muita gente que se ama, mas que fica assustada, sem saber o que fazer, com medo de não ser compreendidas nem apoiadas pelos pais. Aí elas resolvem fazer uma coisa que pode prejudicar a mulher e até matar o bebê”.

Adrián arrematou: “Não quero parecer fanático, mas quero declarar que eu sou fruto de alguém que teve coragem, porque, mesmo sendo adolescentes de 16 e 17 anos, eles decidiram continuar a gravidez apesar das dificuldades”.

Emocionada com a história de vida de Pallares, a apresentadora do programa se levantou para dar um abraço ao jornalista.

Veja o vídeo com o depoimento de Adrián Pallares (em espanhol):

Tags:
AbortoCultura do descarteGravidezVida
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia