Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Domingo 29 Novembro |
Bem-aventurados Dionísio da Natividade e Redento da Cruz
home iconEstilo de vida
line break icon

Namoro em tempos de cultura do descarte: um site oferece o serviço de terminar a relação por você

sorryitsover

Aleteia Vaticano - publicado em 14/05/15

E-mail, SMS, telefonema ou representante: escolha como driblar o medo de encarar a sua responsabilidade

A ex-enfermeira australiana Kristy Mazins criou o site "Sorry It’s Over" ("Desculpe, mas acabou") para oferecer um serviço bastante peculiar: terminar namoros mediante e-mail, mensagem de texto, telefonema ou até pessoalmente, em nome do parceiro que quer sair da relação.

O site anuncia: "Nunca é fácil separar-se. Deixe-nos, então, fazer o trabalho sujo em seu lugar".  

Veja um exemplo de e-mail enviado pelo site em representação de uma cliente ao seu "futuro ex-namorado" (colocamos a tradução ao português logo abaixo):

Olá [Fulano]

Estou escrevendo em nome de [Fulana]. Embora ela se importe e respeite você, [Fulana] está temerosa de confrontá-lo. [Fulana] acredita que chegou a hora de considerar finalizado o seu relacionamento.

É doloroso dizer adeus a alguém que você não quer que parta. É ainda mais duro esquecer alguém que lhe deixou tantas lembranças. No entanto, [Fulana] diz que não está pronta para o casamento, para os filhos e para todas as responsabilidades que os acompanham.

A química também foi diminuindo e [Fulana] acha que a química não pode ser forçada. Este é um momento difícil e 5 anos juntos acumularam um tesouro de muitas memórias.

Espero que você entenda e que ainda possam ser amigos.

Atenciosamente,

sorryitsover em nome de [Fulana]

"INVESTIMENTO"

Este tipo de mensagem enviada por email custa 5,50 dólares australianos (R$ 13,45). Uma carta postada via Correios custa $ 13,50 (R$ 33); uma ligação telefônica sai por $ 12 (R$ 29,35) e o envio presencial de um "especialista em término de relacionamento" para dar a notícia custa $ 66 (R$ 161,50).

GERAÇÃO MEDROSA

Kristy Mazins, a dona do site, declara: "Eu sou muito boa para mediar as relações das pessoas. É um dom. Eu acho que isso vem do aconselhamento que acompanha o trabalho de enfermagem".

A ex-enfermeira opina que a chamada "Geração Y", formada pelos jovens de até 30 anos que cresceram em contato com as novas tecnologias, "tem um particular medo do confronto".

REAÇÕES

O portal do jornal britânico Daily Mail publicou uma matéria sobre este site australiano e a deixou aberta aos comentários dos internautas. Selecionamos alguns:



"Eu acho melhor pagar do que ver uma mulher louca jogando as minhas coisas pela janela e dando um escândalo embaraçoso" (sgjh, Reino Unido)

"Absolutamente patético. Por que todo mundo é tão estúpido hoje em dia?" (Nina, França)

"Está sendo formada uma geração de covardes" (Just sayn, EUA)

"Hahaha, muito bom. Pra mim, uma mensagem seria suficiente. Eu não quero escutar todo aquele chororô" (Onesmartbird, Reino Unido)

"O que há de errado com as pessoas? Isto é seriamente cruel, frio, e, para mim, super esquisito" (Anony, Reino Unido)

"Se você quer terminar, cresça e termine pessoalmente. Se você não quer encarar o término, então nem se incomode em começar. Ninguém merece ser deixado de lado por escrito" (kcm, Reino Unido)

"Se você se sente maduro o suficiente para começar uma relação, você tem que ter certeza de que é maduro o suficiente para terminar se não der certo" (Miriam, Reino Unido)


E você, caro leitor, tem algo a comentar?

Tags:
Cultura do descarteJuventudeNamoro
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
POPE URBI ET ORBI
Reportagem local
Bênção Urbi et Orbi do Papa Francisco nesta s...
Folheto divulgado por Antônio Carlos da Silva
Reportagem local
Eu nasci mais ou menos em 1988: os 27 anos da...
READING
Gelsomino Del Guercio
3 regras fundamentais para os leitores da mis...
SANTUÁRIO DE APARECIDA INTERIOR BASÍLICA
Reportagem local
Suposto surto de covid-19 entre padres do San...
Jesús V. Picón
Padre com câncer terminal: perde os olhos, ma...
FATIMA
Philip Kosloski
Nossa Senhora de Fátima tem um conselho para ...
Medalha Milagrosa verdadeira ou falsa
Reportagem local
Cuidado: saiba distinguir entre a real Medalh...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia