Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Segunda-feira 29 Novembro |
São Saturnino de Cartago 
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Barriga de aluguel: casos chocantes e (sur)reais de “clientes” ou “prestadoras” que desistiram do “negócio”

Creative Commons

Aleteia Vaticano - publicado em 15/05/15


contrato. J.J.E. acabou se afeiçoando ao filho e decidiu não renunciar mais aos seus direitos de mãe. Um tribunal do Estado do Tennessee determinou que tanto ela quanto o pai biológico têm direito a solicitar a guarda da criança, bem como a obrigação de sustentá-la. Quanto à companheira italiana do pai, o tribunal não reconhece relação legal nenhuma entre ela e o bebê.

QUESTÕES "INCÔMODAS"

A exploração econômica e moral de mulheres vulneráveis parece ser o problema mais gritante do mercado de barrigas alugadas, mas há uma questão de fundo que não costuma receber a devida atenção: existe mesmo um "direito a ter um filho" a todo custo?

O suposto "direito a ter um filho" custe o que custar não reduz esse filho a um objeto de desejo "encomendável" e, por isso mesmo, descartável, como se observa nos casos do casal australiano e da humorista norte-americana?

Quando um filho é encarado com um produto de consumo, o que impede que, depois de ser "encomendado" (de preferência com características eugênicas), ele também possa ser "devolvido" se os "clientes" desistireem do "negócio"?

  • 1
  • 2
  • 3
Tags:
FilhosMaternidadePaternidade
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia