Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sábado 05 Dezembro |
São Saba
home iconAtualidade
line break icon

Avanço dos rebeldes deixa Estado sírio sem recursos

<p>Combatentes de uma coalizão islamita são vistos em Idleb, no dia 29 de março de 2015</p>

AFP - publicado em 29/05/15

As receitas do Estado sírio estão em vias de extinção com a perda progressiva de suas riquezas minerais, petrolíferas e gasíferas, cuja produção passou para as mãos de rebeldes e jihadistas.

As únicas receitas que Damasco pode contar são as tarifas e os impostos, o que obriga o regime de Bashar al Assad a ser cada vez mais dependente do financiamento que oferecido pelo aliado Irã.

Seu último revés foi a perda, no último fim de semana, de duas minas de fosfato do país, que caíram nas mãos do grupo Estado Islâmico (EI).

Os jihadistas assumiram o controle das minas públicas de Al Sharqiya e de Kneifess durante sua ofensiva contra a cidade de Palmira, segundo a ONG Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH).

Antes do início do conflito armado em 2011, a Síria era o quinto exportador mundial de fosfato. Segundo o ministério sírio do ramo, as vendas de fosfato ao interior e ao exterior caíram à metade nesses quatro anos. A tomada pelo EI dessas minas representa uma perda de 160 milhões de dólares.

A situação é igualmente ruim no que se refere ao petróleo, já que o EI se apoderou na semana passada de um dos últimos campos nas mãos do regime, o de Jazal, que produz 2.500 barris diários (bd), segundo o Syria Report.

Produção de petróleo despenca

A produção oficial caiu a 9.329 bd em 2014 contra 380.000 bd antes do início da guerra, em março de 2011, segundo o ministério do Petróleo. Antes do conflito, as receitas do petróleo eram de 3,8 bilhões de dólares anuais, 25% das receitas do Estado e 75% do valor das exportações.

Agora o EI produz mais petróleo do que o próprio governo sírio, 80.000 bd em comparação aos 17.000 bd que produzia em setembro de 2014, segundo o ministério do Petróleo.

Até agora, a produção dos campos de gás não foram muito afetadas pelos recentes avanços do EI, e subiu em 10 milhões de m3 diários, segundo o ministro de Petróleo, Suleiman Al Abas.

O ministro não avaliou, contudo, o impacto da tomada, pelo EI, dos campos de gás de Arak e Al Hel, próximos a Palmira.

Os principais campos de gás da Síria ficam no deserto, a lesta das cidades de Hama e Homs, perto das zonas de combate com o EI.

O valor das exportações totais da Síria caíram a 1,8 bilhão de dólares em 2014 contra 11,3 bilhões em 2010, segundo o jornal Watan, simpático ao regime.

Além dos hidrocarbonetos e produtos de mineração, a Síria exporta principalmente produtos agrícolas e agroalimentares, têxtil, couro, medicamentos, flores e cerâmica.

Para continuar funcionando, o Estado só pode contar com suas tarifas alfandegárias —de aproximadamente 550 milhões de dólares em 2014, segundo uma fonte oficial— com seus impostos dificilmente arrecadados e com as linhas de crédito oferecidas pelo Irã, principal aliado regional, que somam cerca de 4,6 bilhões de dólares.

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
HUG
Dolors Massot
Médico abraça paciente com Covid-19 que chora...
PADRE NO ALTAR DA MISSA
Reportagem local
Missa de Crisma é interrompida por policiais ...
Missa de Crisma
Reportagem local
Arcebispo detona interrupção de Missa: "Ocorr...
BOKO HARAM NIGÉRIA
Francisco Vêneto
Terroristas islâmicos degolam mais de 100 pes...
Bispo brasileiro Dom Antônio Carlos Rossi Keller
Reportagem local
Mais um bispo brasileiro detona: "Autoridades...
Aleteia Brasil
Oração do Advento
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia