Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sexta-feira 27 Novembro |
São Máximo de Lérins
home iconAtualidade
line break icon

Mianmar denuncia estigmatização e politização de crise de imigrantes

<p>O diretor-geral da chancelaria de Mianmar, Htin Lynn, discursa na reunião em Bangcoc</p>

AFP - publicado em 29/05/15

Mianmar acusou nesta sexta-feira a ONU de estigmatizar o país, e denunciou, na reunião regional sobre a crise dos imigrantes do Sudeste Asiático, uma politização do tema.

Delegados de 17 países se reuniram nesta sexta-feira na Tailândia para buscar uma solução à crise dos migrantes na Ásia, que fogem pelo mar de Mianmar ou Bangladesh em direção à Malásia ou à Indonésia.

"Não podem estigmatizar meu país", expressou o chefe da delegação de Mianmar, Htin Lynn, visivelmente ofuscado pelas declarações do Alto Comissário da ONU para os Refugiados (ACNUR), que convocou o governo a assumir sua responsabilidade frente ao problema.

Volker Turk, representante do ACNUR, havia expressado que, para resolver as causas da crise, Mianmar deve assumir "inteiramente suas responsabilidades com todos os seus habitantes", em referência ao êxodo da minoria rohingya que vive no país.

Nas últimas semanas, mais de 3.500 imigrantes famintos chegaram a Tailândia, Malásia e Indonésia. Outros estão presos em barcos abarrotados no mar.

"O fluxo de imigrantes ilegais (…) alcançou níveis alarmantes", declarou na abertura da reunião o ministro tailandês das Relações Exteriores, Tanasak Patimapragorn.

Em Mianmar, 1,3 milhão de rohingyas, minoria muçulmana apátrida que foge do país, sofre múltiplas discriminações. O aumento da violência comunitária deixou 200 mortos, sobretudo muçulmanos, e 140.000 deslocados em 2012, o que contribuiu para acelerar o êxodo.

No entanto, este problema foi até agora um tabu e Mianmar não reconhece o termo "rohingya", considerando que esta minoria é constituída por imigrantes de Bangladesh, embora muitos deles vivam no país há gerações.

– EUA no espaço aéreo tailandês –

Para a representante dos Estados Unidos, a subsecretária de Estado para População, Refugiados e Imigração, Anne Richard, esta conferência "oferece a oportunidade de adotar medidas concretas".

No entanto, alguns observadores expressaram suas dúvidas sobre se um encontro de apenas um dia, ao qual muitos países não enviaram como delegados ministros ou funcionários de alto escalão, poderá alcançar soluções para um problema que afeta há anos a região e que até agora havia sido ignorado pelas autoridades.

Para Patimapragorn, o tema central é salvar a vida dos migrantes e combater as redes de tráfico.

"Já demos a autorização aos Estados Unidos para entrar no espaço aéreo tailandês", anunciou o ministro.

Até agora Washington realizava voos de vigilância na Malásia e na Tailândia.

A polícia tailandesa segue inspecionando a fronteira com a Malásia em busca de campos de passagem de imigrantes, depois que em um acampamento da zona as autoridades encontraram uma fossa com mais de 130 cadáveres.

O tema da acolhida dos migrantes também estará no centro das discussões depois que Tailândia, Malásia e Indonésia advertiram que a permissão de entrada concedida às pessoas que foram resgatadas pelo mar é apenas temporária.

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Jesús V. Picón
Padre com câncer terminal: perde os olhos, ma...
Papa Francisco com máscara contra covid
Reportagem local
As 3 “covids” do Papa Francisco
MARADONA
Pablo Cesio
Pelé sobre Maradona: "Espero que um dia jogue...
WEB2-COMMUNION-EUCHARISTIE-HOSTIE-GODONG-DE354465C-e1605635059906.jpg
Reportagem local
Internado na UTI, Pe. Márlon Múcio continua c...
John Burger
A melhor maneira de contar a seus filhos a ve...
MARYJA
Philip Kosloski
A melhor oração mariana para quando você prec...
POINSETTIAS,CHRISTMAS,ALTAR
A. J. Clishem
O segredo do grau de inclinação da cabeça de ...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia