Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sábado 05 Dezembro |
São Saba
home iconAtualidade
line break icon

Navio afunda com mais de 450 passageiros na China

@AFP

AFP - publicado em 02/06/15

Um navio com mais de 450 pessoas a bordo afundou no rio Yangtsé, centro da China, na segunda-feira à noite e as equipes de emergência resgataram até o momento algumas pessoas e recuperaram cinco cadáveres.

A embarcação, denominada Dongfangzhixing, ou Estrela do Oriente, que zarpou de Nankin (leste) com destino a Chongqing (centro), naufragou durante a passagem pelo distrito de Jianli na província de Hubei, indicou a agência oficial Xinhua.

As autoridades temem que o naufrágio se torne a pior tragédia da história recente de transporte fluvial da China.

As equipes de emergência resgataram até o momento 13 pessoas, incluindo o capitão e o engenheiro chefe, que afirmaram que a embarcação foi surpreendida pela tempestade.

As operações de emergência prosseguem, mas os fortes ventos e a chuva intensa complicam os trabalhos.

A bordo estavam 458 pessoas quando o navio afundou às 10h28 (Brasília), na região de Jianli, província de Hubei, incluindo 406 passageiros chineses, cinco trabalhadores de agência de viagem e 47 membros da tripulação.

Ao que parece, o navio não transportava estrangeiros.

Até o momento, as equipes de emergência recuperaram cinco cadáveres.

A imprensa chinesa revelou que os socorristas bateram em várias ocasiões no casco do navio (virado) e obtiveram "respostas" do interior do barco.

De acordo com um jornal de Hubei, pelo menos três pessoas foram resgatadas graças a estas respostas, mas a imprensa não informou se estas estavam incluídas no balanço oficial.

A causa da tragédia ainda não foi determinada, mas o canal estatal CCTV informou um acidente.

A polícia já ouviu os depoinentos do capitão e do engenheiro chefe, segundo a Xinhua. Ambos afirmaram que o barco se inclinou subitamente durante a passagem de um "tornado" e afundou em "menos de um minuto".

Mais de 100 passageiros reservaram as passagens em uma agência de turismo de Nankin, enquanto as demais reservas ocorreram em Suzhou e em outras cidades, declarou Yao Wenge, oficial encarregado do transporte fluvial, citado pela agência Xinhua.

Um número importante de turistas tinha entre 50 e 80 anos, informou o jornal Hubei Ribao, citando fontes oficiais.

De acordo com a CCTV, a embarcação – que media 76,5 metros de comprimento – era capaz de transportar até 534 pessoas, e pertencia a uma empresa que operava passeios na região da represa das Três Gargantas.

Segundo a imprensa estatal, o presidente Xi Jinping ordenou o emprego de "todos os esforços possíveis" nas tarefas de resgate.

O primeiro-ministro, Li Keqiang, chegou ao local do naufrágio para coordenar pessoalmente os trabalhos.

Nas redes sociais, os internautas chineses lamentaram a falta de cobertura da mídia: "quando o ferry (Sewol) afundou (no ano passado) na Coreia do Sul, a televisão sul-coreana informou 24 horas".

Em janeiro, 22 pessoas morreram – incluindo oito estrangeiros – quando um rebocador afundou no Yangtsé entre as cidades orientais de Jingjiang e Zhangjiagan.

Após o acidente, o governo provincial disse que o barco estava em fase de testes sem completar adequadamente os procedimentos necessários e sem fornecer informações sobre a condição do navio, tal como exigido pelos regulamentos.

O Yangtsé é o rio mais longo da Ásia, com 6.300 km, e tem registrado várias tragédias fluviais.

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
HUG
Dolors Massot
Médico abraça paciente com Covid-19 que chora...
PADRE NO ALTAR DA MISSA
Reportagem local
Missa de Crisma é interrompida por policiais ...
Missa de Crisma
Reportagem local
Arcebispo detona interrupção de Missa: "Ocorr...
BOKO HARAM NIGÉRIA
Francisco Vêneto
Terroristas islâmicos degolam mais de 100 pes...
Bispo brasileiro Dom Antônio Carlos Rossi Keller
Reportagem local
Mais um bispo brasileiro detona: "Autoridades...
Aleteia Brasil
Oração do Advento
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia