Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sábado 05 Dezembro |
São Saba
home iconAtualidade
line break icon

Fuga cinematográfica de prisão de segurança máxima em Nova York

<p>Combinação de fotos dos fugitivos Richard Matt (E) e David Sweat, cedidas pelo gabinete do governador de Nova York, Andrew Cuomo, no dia 7 de junho de 2015</p>

AFP - publicado em 08/06/15

A polícia americana realizou uma poderosa operação neste domingo, com cachorros e helicópteros, para capturar dois condenados por assassinato que escaparam da principal prisão de segurança máxima do estado de Nova York, após perfurarem as paredes de suas celas.

Richard Matt, de 48 anos, e David Sweat, de 35 anos, fizeram buracos em suas celas e saíram através de um túnel da prisão de Clinton Correctional Facility, na localidade de Dannemora, em algum momento entre a noite de sexta-feira e a madrugada de sábado.

A polícia informou que a fuga foi descoberta ao amanhecer durante a inspeção das celas dos presos. Os foragidos, segundo informações divulgadas, deixaram uma nota em tom de deboche com a mensagem: "Tenham um bom dia".

"São dois indivíduos perigosos, um foi preso por ter matado um xerife", disse o governador de Nova York, Andrew Cuomo, no centro penitenciário.

Os dois prisioneiros, que viviam em celas próximas, usaram uma broca e tubos para perfurar as paredes de suas celas e deixaram sobre suas camas montes de roupa para parecer que estavam dormindo, informou a polícia.

Cuomo disse no Twitter que percorreu o caminho que os fugitivos fizeram e postou fotos em uma rede social.

Na noite de sábado, a polícia, equipada com coletes à prova de balas e rifles, monitorou as rotas que levavam a Dannemora, uma cidade de cerca de 1.700 habitantes localizada a 270 km da capital do estado, Albany, perto da fronteira com o Canadá.

Segundo Cuomo, até agora nenhum prisioneiro havia conseguido escapar da área de segurança máxima da prisão, que foi inaugurada em 1865 e abriga cerca de 3.000 presos. Mas os dois réus conseguiram sair ao estilo da série de televisão "Prision Break".

– Um plano extraordinário –

"Não tem nada de trivial. Por definição, foi um plano extraordinário", admitiu o governador ao comentar a fuga.

Mais de 200 policiais foram convocados para a busca, assistidos por unidades caninas, equipes SWAT e helicópteros.

"Os dois (réus) são considerados perigosos para a população. Se os encontrarem não se aproximem deles. Contatem imediatamente o 911 ou a polícia do Estado de Nova York", advertiram as autoridades em um comunicado.

Ainda não está claro se os homens estão armados ou se contaram com a ajuda de cúmplices para conseguir fugir.

Depois de perfurar as paredes de suas celas, os réus passaram por uma passarela atrás dos muros, da altura de um sexto andar, de onde desceram até o porão da construção.

Uma vez no chão, conseguiram perfurar grandes tubulações e abrir caminho até um labirinto de túneis, para finalmente sair por um bueiro de uma rua próxima, informou o jornal The New York Post.

O fugitivo Matt, de 1,80 metro de altura e com muitas tatuagens – incluindo um símbolo da Marinha em seu ombro direito e as palavras "Mexico forever" ("México para sempre") nas costas – cumpria uma sentença de 25 anos de prisão perpétua por sequestrar um homem e espancá-lo até a morte.

O outro fugitivo, Sweat, com tatuagens no braço esquerdo e em seus dedos direitos, cumpria prisão perpétua sem liberdade condicional por assassinar um xerife, contra o qual disparou 22 vezes, segundo informações do The New York Post.

"Todo o povoado foi bloqueado", informou ao New York Post Rich Green, dono de uma pizzaria localizada perto da prisão. "Não se pode dirigir em nenhum lugar (…) Eles puseram desvios por todas as partes. Revistam os caminhões. É simplesmente algo que eu nunca havia visto", relatou.

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
HUG
Dolors Massot
Médico abraça paciente com Covid-19 que chora...
PADRE NO ALTAR DA MISSA
Reportagem local
Missa de Crisma é interrompida por policiais ...
Missa de Crisma
Reportagem local
Arcebispo detona interrupção de Missa: "Ocorr...
BOKO HARAM NIGÉRIA
Francisco Vêneto
Terroristas islâmicos degolam mais de 100 pes...
Bispo brasileiro Dom Antônio Carlos Rossi Keller
Reportagem local
Mais um bispo brasileiro detona: "Autoridades...
Aleteia Brasil
Oração do Advento
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia