Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quarta-feira 25 Novembro |
São Pedro Yi Ho-Yong
home iconAtualidade
line break icon

Sonhar, amar e casar

Two red hearts © wk1003mike / Shutterstock

Família Cristã - publicado em 08/06/15

Na ficção, o dia do casamento aparece com um ponto final. Na vida real, são as reticências que atrapalham a relação conjugal. O que leva os jovens a casar nos dias de hoje?

O sol esconde-se atrás das nuvens neste dia de primavera. Faça chuva ou faça sol, o amor entre a Francisca e o Tomás parece ser para todas as estações. Ela tem 22 anos, ele 24. Passeiam em Belém, onde um dia os nossos antepassados escreveram uma nova história. Também eles querem inaugurar um novo capítulo nas suas vidas e embarcar na aventura… do casamento. Remam contra a maré. Defendem ideias diferentes da sua geração que adia o(s) compromisso(s). Têm certezas inabaláveis sobre o que os une. Namoram há oito anos e assumem, sem vergonha, querer ir virgens para o casamento. Há meia dúzia de anos, a FAMÍLIA CRISTÃ ouviu o testemunho deste casal sobre a sexualidade na adolescência. Agora que vão casar, reencontrámos a Francisca e o Tomás, que mantêm as mesmas convicções ancoradas nos valores que defendem para as suas vidas: «É uma decisão rezada. Se a Igreja pede que guardemos castidade, mesmo que nos custe horrores e não a entendamos ao princípio, só poderá ser uma boa proposta, porque a Igreja foi-nos deixada por Jesus para nos salvar. Começámos a namorar com 14 e 16 anos, e claro que é muito difícil manter as coisas assim, mas se tivermos a certeza de que isto é o que nos salva, que este é o caminho que Deus pensa para nós, porque é que haveremos de apanhar atalhos?» Estas palavras são de jovens deste tempo, modernos, alegres e bonitos, que sonham casar para formar uma família cristã. «Nestes oito anos, aquilo que mais queríamos era que chegasse o dia em que tínhamos a certeza de que queríamos passar o resto da vida ao lado um do outro. Há cerca de ano e meio, fomos inundados por essa certeza. O dia 1 de agosto [data da celebração do Matrimónio] representa essa certeza. Queremos mostrar aos nossos familiares e amigos que o plano de Deus para os dois é estarmos juntos e criarmos uma família», conta a Francisca.

As expectativas para esse dia – e para os seguintes – estão em alta: «Vai ser um grande desafio casar e ir viver para a nossa casa nova. Vai ser divertido – e o sonho que tenho é que tenhamos uma vida divertida, alegre», diz o Tomás.

O casal, de sorriso fácil, sabe que uma família cristã não anda com cara de sexta-feira santa. É a alegria do amor que os dois descobriram que querem anunciar ao mundo. Preferiam viver o dia do casamento à maneira deles, mas não querem excluir quem mais gostam desse momento: «Por nós, tínhamos só a Missa, que é o mais importante de tudo, e depois íamos à nossa vida. O nosso sonho não são as coisas tradicionais de um casamento – o vestido, a festa, a música, etc. O mais importante é o nosso "sim" perante Nosso Senhor», afirma a Francisca.

«A Missa é para nós a festa», acrescenta o Tomás, «mas queremos envolver a família e os amigos mais próximos, porque sabemos que se alegram da mesma maneira como nós nos alegramos com este casamento em Cristo. Gostamos que eles estejam connosco nessa alegria.» Depois de prometerem um ao outro que serão fiéis, que se irão amar e respeitar, na alegria e na tristeza, todos os dias das suas vidas, já têm muitos planos para fazer a dois. Viajar, passear e… ter quatro filhos. «Temos uma família grande. Ficávamos muito felizes com quatro filhos, mas não sabemos o que a vida nos prepara. Quatro é um número bom, mas se vierem mais ou menos, será o que Deus quiser.»

O sonho de ser feliz

Que sonhos levam hoje os jovens para o casamento? Ana Pego Monteiro, especialista em Psicologia da Família, que defendeu recentemente a sua tese de doutoramento – Casa(l) em construção: uma base teórica-empírica para o desenvolvimento de uma intervenção na transição para a conjugalidade –, responde à pergunta: «É o sonho de ser feliz para sempre, de uma vida partilhada de amor e cumplicidade.» Afinal de contas, é isto que move as pessoas – e não é coisa pouca.

  • 1
  • 2
  • 3
Tags:
AmorCasamentoFamíliaNamoro
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
MARYJA
Philip Kosloski
A melhor oração mariana para quando você prec...
pildorasdefe.net
Por que você não vai para frente? Talvez este...
Medalha de São Bento
pildorasdefe.net
Oração a São Bento para afastar o mal e pedir...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Reportagem local
Oração para afastar o mal de um recinto
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
FATHER PIO
Maria Paola Daud
Quando Jesus conversou sobre o fim do mundo c...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia