Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

EI enforca dois jovens que desrespeitaram Ramadã

AFP

Bandeira do grupo jihadista Estado Islâmico hasteada em Rashad, Iraque

Compartilhar

O grupo extremista jihadista Estado Islâmico (EI) enforcou nesta segunda-feira dois jovens que não observaram o Ramadã, o mês de jejum muçulmano, no leste da Síria – informou o Observatório Sírio para os Direitos Humanos (OSDH).

"Os habitantes da cidade Mayaden, na província de Deir Ezzor, informou que o EI pendurou em um poste dois rapazes com menos de 18 anos perto de um posto da hisba" a polícia jihadista, disse à AFP Rami Abdel Rahmane, diretor do OSDH.

"Os meninos foram pendurados com cordas em um poste e ainda estavam lá no final da tarde", informou a fonte.

"Aparentemente, eles foram surpreendidos enquanto estavam comendo", acrescentou.

Um cartaz foi preso em seus corpos, que dizia: "Quebra do jejum sem justificação religiosa".

O EI, que controla grandes áreas na Síria e no vizinho Iraque, prega uma visão extrema da aplicação da Sharia (lei islâmica).

O grupo não hesita em punir seus inimigos ou aqueles que o desobedecem com decapitações, apedrejamentos, açoites e crucificação.