Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Segunda-feira 30 Novembro |
São Mirocletes
home iconAtualidade
line break icon

Posso rezar para que o meu time vença um campeonato?

Ministerio de Cultura de la Nacion Argentina-cc

Aleteia Vaticano - publicado em 23/06/15

Conheça a opinião de alguns técnicos de futebol e a resposta de Tomás Bolaños, teólogo do esporte

Sempre que começa um campeonato, ouço frases como: “Rezo um terço todo dia para que o meu time ganhe”, “Decidi não comer carne durante o campeonato, oferecendo pelo time”, “Precisamos fazer uma corrente de oração para ganhar”…

São muitas as orações (e até “simpatias”) que as pessoas fazem na esperança de que seu time vença uma competição. Mas um menino de 9 anos me fez uma pergunta que resume toda esta questão: “Posso rezar para que o meu time ganhe? Se Deus pode tudo, Ele pode fazer o meu time ganhar o campeonato?”.

Para responder, é necessário primeiramente definir o que é a oração. O Catecismo (n. 2559) nos ensina que “a oração é a elevação da alma a Deus ou a petição a Deus de bens convenientes”.

Poderíamos dizer também que é um encontro com o Senhor, no qual escutamos, louvamos, pedimos, compartilhamos com Ele nossas coisas, como com um amigo. Compreendendo isso, poderemos responder às pequenas perguntas que nos ajudarão a entender o pano de fundo da questão.

Será que existem realidades alheias a Deus, como, por exemplo, os esportes? Deus é o criador de tudo o que existe e, por isso mesmo, não existe realidade alguma alheia a Ele. No caso das atividades humanas, não há nada que seja indiferente para Deus, porque Ele se interessa por todos nós e por tudo o que fazemos.

Por isso mesmo, Deus se interessa não somente pelos esportes, mas também pelo lazer, pela economia, pela vida em família, pela diversão, pelo cinema, pelos passeios etc.

Se o esporte não é alheio a Deus, Ele pode querer que um time ganhe e outro não? Dentro do plano de amor de Deus, nada é indiferente. Mas também é preciso entender que os esportes são atividades humanas, realizadas por pessoas livres. Por isso, ainda Deus considere muitas coisas em seu plano de amor, Ele age por meio de pessoas livres, que podem seguir seus planos ou não.

Isso quer dizer então que as vitórias no futebol não dependem de Deus? O técnico Johan Cruyff dizia que não acreditava nisso, porque, segundo Ele, “os 22 jogadores fazem o sinal da cruz ao entrar no campo; se isso funcionasse, sempre daria empate”. Deus deu diferentes dons a cada pessoa, e depende de nós utilizá-los da melhor maneira.

À luz disso, chama a atenção a opinião de Carlo Ancelotti, técnico católico, que costumava afirmar que nunca rezava antes de uma partida, pois “Deus tem coisas mais importantes para fazer. Isso aqui é um jogo e depende de nós; se treinamos bem, com certeza tudo sairá conforme o previsto. Mas vamos deixar que Deus atenda outras prioridades. Eu acredito nele e rezo diariamente pelas coisas que acontecem ao meu redor, mas não pelo futebol”.

O teólogo do esporte Tomás Bolaños recomendava que rezássemos por cada jogador, para que fosse uma pessoa melhor, para que o Senhor o ajudasse a conservar sua saúde, para que o ajudasse a evitar lesões, para que o inspirasse a esforçar-se sempre ao máximo. Mas dizia que, para a vitória, era preciso treinar e jogar bem.

Então, respondendo à pergunta inicial, posso rezar para que meu time ganhe? Cada um é livre para rezar o que quiser a Deus. Mas é preciso recordar que Deus quer, acima de tudo, nosso bem eterno, nossa própria santidade, e Ele atenderá nossas súplicas visando nossa salvação pessoal e comunitária.

Se você acha que seu time vai ganhar porque tem uma pessoa a mais rezando por ele, com certeza conhece muito pouco sobre a ação de Deus. E praticamente nada sobre futebol.

Tags:
EsporteOração
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
READING
Gelsomino Del Guercio
3 regras fundamentais para os leitores da mis...
Aleteia Brasil
Oração do Advento
SANTUÁRIO DE APARECIDA INTERIOR BASÍLICA
Reportagem local
Suposto surto de covid-19 entre padres do San...
Jesús V. Picón
Padre com câncer terminal: perde os olhos, ma...
OLD WOMAN, WRITING
Cerith Gardiner
A carta de uma irlandesa de 107 anos sobre co...
FIRST CENTURY HOUSE AT THE SISTERS OF NAZARETH SITE
John Burger
Arqueólogo diz ter encontrado a casa onde Jes...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia