Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quarta-feira 25 Novembro |
São Pedro Yi Ho-Yong
home iconAtualidade
line break icon

Estado Islâmico volta a entrar em Kobane e ataca regiões curdas da Síria

<p>Parentes de feridos em Kobane se concentram em frente a um hospital da província turca de Sanliurfa, na fronteira, para onde vítimas foram levadas</p>

AFP - publicado em 25/06/15

O grupo jihadista Estado Islâmico (EI) lançou nesta quinta-feira uma ofensiva no norte da Síria, na zona de influência curda, e conseguiu entrar novamente na cidade de Kobane e penetrar em Hasake, dias depois de ter recuado diante das forças curdas.

O EI também executou 23 curdos, entre eles mulheres e crianças, em Barkh Butan, uma aldeia ao sul de Kobane, afirmou o Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH).

No sul da Síria, uma aliança de grupos rebeldes, entre eles o braço sírio da Al-Qaeda, aumentaram a pressão sobre a cidade de Deraa, berço da revolução de 2011, sob controle das tropas governamentais.

No norte, os combatentes do EI voltaram a entrar em Kobane, uma cidade na fronteira com a Turquia onde o grupo radical sofreu em janeiro uma dura derrota após quatro meses de combates com as forças curdas, indicou o OSDH.

Os jihadistas abriram passagem com um atentado suicida com carro-bomba perto de um posto fronteiriço que deixou cinco mortos, segundo a ONG.

A explosão deixou ao menos 41 feridos, que foram hospitalizados na Turquia, e um deles faleceu no hospital, segundo as autoridades da província turca de Sanliurfa.

Na manhã desta quinta-feira soldados das Unidades de Proteção Popular (YPG) curdas e jihadistas seguiam combatendo no centro de Kobane, indicou o OSDH, que informou sobre um segundo atentado suicida que deixou várias vítimas.

Por sua vez, o gabinete do governador de Sanliurfa informou que vários membros do EI "se infiltraram em Kobane às 5 da manhã", mas afirmou que estes combatentes eram provenientes da Síria, e não da Turquia.

O grupo Estado Islâmico "quer semear confusão para se vingar da derrota de janeiro e fazer os curdos fugirem", declarou Idris Nasan, um funcionário da cidade de Kobane (Ain al Arab em árabe).

Durante quatro meses, em uma ofensiva iniciada no fim de 2014, o EI tentou assumir o controle de Kobane, mas em janeiro de 2015 precisou se retirar da cidade derrotado pelos curdos apoiados pela aviação da coalizão internacional liderada pelos Estados Unidos.

– Combates em Hasake –

Por sua vez, nesta quinta-feira ocorreram violentos combates em Hasake, onde pelo menos 20 jihadistas e 30 soldados governamentais morreram.

Cercada desde 30 de maio, Hasake, capital de uma província fronteiriça com a Turquia, se localiza no nordeste da Síria, onde algumas zonas estão controladas pelas forças curdas, indicou o OSDH.

O ataque do EI em Hasake começou na quarta-feira com ao menos um atentado suicida contra um posto de controle governamental. Depois o EI tomou dois bairros governamentais do sul da cidade.

"Os civis destes bairros fogem ao norte da cidade", controlada pelos curdos, disse a fonte. "Ainda ocorrem violentos combates com bombardeios de ambos os lados", acrescentou o OSDH.

A ofensiva do EI nos setores curdos do norte da Síria ocorre após uma série de derrotas jihadistas na província de Raqa, em particular a perda da cidade de Tall Abyad, que permitia ao grupo extremista sunita fazer armas e combatentes transitarem a partir da Turquia.

As forças curdas encontram-se a 55 km de Raqa, a "capital" do Estado Islâmico na Síria.

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
MARYJA
Philip Kosloski
A melhor oração mariana para quando você prec...
pildorasdefe.net
Por que você não vai para frente? Talvez este...
Medalha de São Bento
pildorasdefe.net
Oração a São Bento para afastar o mal e pedir...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Reportagem local
Oração para afastar o mal de um recinto
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
FATHER PIO
Maria Paola Daud
Quando Jesus conversou sobre o fim do mundo c...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia