Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Segunda-feira 30 Novembro |
São Mirocletes
home iconAtualidade
line break icon

Mediadores internacionais no Burundi propõe adiar eleições para 31 de julho

<p>Estudantes invadem a área da embaixada</p>

AFP - publicado em 26/06/15

Os mediadores internacionais que pretendem fazer o Burundi sair da crise política em que se encontra desde o fim de abril propuseram atrasar a celebração das eleições pendentes – legislativas, locais e presidenciais – para 31 de julho, segundo fontes coincidentes.

Embora as eleições locais e legislativas estejam previstas para 15 de julho, a comunidade internacional avalia que o clima atual do país não permita celebrar eleições confiáveis, devido ao movimento de contestação, salpicado por atos de violência, iniciado em 26 de abril, contra a candidatura do presidente Pierre Nkurunziza a um novo mandato, considerado inconstitucional por seus detratores.

O representante do governo, que voltou na quarta-feira à mesa de diálogo, após boicotar um dia antes as discussões na presença do novo mediador da ONU, o senegalês Abdoulaye Bathily, voltou a se ausentar nesta quinta-feira.

"A ‘facilitação’ propôs ontem (quarta-feira) que todas as eleições sejam adiadas e que as legislativas, locais e o primeiro turno da presidencial sejam organizadas em 31 de julho, com o segundo previsto para 15 de agosto", explicou à AFP uma fonte próxima às negociações, que pediu para ter sua identidade preservada.

Vários representantes da oposição confirmaram a proposta de adiamento.

O lado presidencial, por sua vez, se nega a atrasar novamente as eleições para evitar o vácuo institucional, já que o mandato de Nkurunziza expira em 26 de agosto.

Apesar da mediação internacional, da qual participam a ONU, a União Africana e organizações intergovernamentais africanas, o diálogo político no Burundi que reúne governo, partidos burundineses, sociedade civil – no comando dos protestos – e autoridades religiosas, está em ponto morto.

A oposição pede a renúncia de Nkurunziza à sua candidatura a um terceiro mandato, garantias no campo da segurança e o desarmamento dos "Imbonerakure", seguidores de seu partido e considerados pela ONU uma milícia.

A violência voltou a se intensificar esta semana, com uma série de ataques com granada contra civis e policiais na capital, Bujumbura, e em outras regiões do país, que deixaram pelo menos quatro mortos e dezenas de feridos.

A saída do país de um dos vice-presidentes rumo à Bélgica após pedir ao presidente Nkurunziza que renuncie a se apresentar nas eleições agrava ainda mais a crise política que o Burundi atravessa.

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
READING
Gelsomino Del Guercio
3 regras fundamentais para os leitores da mis...
Aleteia Brasil
Oração do Advento
SANTUÁRIO DE APARECIDA INTERIOR BASÍLICA
Reportagem local
Suposto surto de covid-19 entre padres do San...
Jesús V. Picón
Padre com câncer terminal: perde os olhos, ma...
OLD WOMAN, WRITING
Cerith Gardiner
A carta de uma irlandesa de 107 anos sobre co...
FIRST CENTURY HOUSE AT THE SISTERS OF NAZARETH SITE
John Burger
Arqueólogo diz ter encontrado a casa onde Jes...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia