Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quinta-feira 26 Novembro |
São Silvestre Guzzolini
home iconAtualidade
line break icon

Síria: Ao menos 120 civis mortos na cidade de Kobane nas últimas 24 horas

<p>Parentes de pessoas feridas em um ataque suicida na cidade de Kobane se desesperam em um hospital da Turquia, na fronteira com a Síria</p>

AFP - publicado em 26/06/15

Ao menos 120 civis morreram por ações do grupo Estado Islâmico (EI) nas últimas 24 horas, desde que os jihadistas conseguiram invadir a localidade de Kobane, informou nesta sexta-feira o Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH).

"Segundo fontes médicas e habitantes de Kobane, 120 civis foram executados pelo EI em seus lares ou morreram por ataques de foguetes e franco-atiradores", declarou o diretor da organização Rami Abdel Rahman, acusando o grupo jihadista de ter lançado um de seus piores massacres na Síria.

A este balanço se somam 26 civis executados na quinta-feira em um povoado perto de Kobane, segundo o OSDH, que dispõe de uma ampla rede de informantes na Síria.

"Quando entraram na cidade, os jihadistas tomaram posições nos edifícios nas entradas sudeste e sudoeste e dispararam contra qualquer coisa que se movesse. Entraram na cidade com a intenção de matar", disse Abdel Rahman.

"Há corpos de civis, incluindo mulheres e crianças, que foram encontrados nas casas, muitos outros nas ruas", disse.

"Os jihadistas sabem que não podem ficar e controlar a cidade diante das numerosas forças curdas. Vieram apenas para matar e atingir a moral dos curdos", acrescentou.

Um militante curdo, Arin Sheikhmos, acusou o EI de ter lançado um massacre, afirmando que "cada família de Kobane perdeu um de seus membros na quinta-feira".

O grupo EI havia lançado na quinta-feira um ataque surpresa com três atentados suicidas em Kobane, onde foi expulso em janeiro, em seu primeiro revés desde o início de sua expansão pela Síria.

Segundo os analistas, este ataque pode ser encarado como uma vingança por parte dos jihadistas, que registraram uma série de derrotas nos últimos dias causadas pelas Unidades de Proteção do Povo Curdo (YPG) no norte da Síria.

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
MARYJA
Philip Kosloski
A melhor oração mariana para quando você prec...
Papa Francisco com máscara contra covid
Reportagem local
As 3 “covids” do Papa Francisco
WEB2-COMMUNION-EUCHARISTIE-HOSTIE-GODONG-DE354465C-e1605635059906.jpg
Reportagem local
Internado na UTI, Pe. Márlon Múcio continua c...
pildorasdefe.net
Por que você não vai para frente? Talvez este...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Confissão não é para contar problemas, mas para contar pecados
Pe. Gabriel Vila Verde
Confissão não é para contar problemas, mas pa...
RED WEDNESDAY
Reportagem local
Perseguição aos cristãos no mundo é denunciad...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia