Aleteia logoAleteia logoAleteia
Segunda-feira 29 Novembro |
São Saturnino de Cartago 
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Os minions vieram dos nazistas?

public domain

Actualidad y Análisis - publicado em 26/07/15

Uma breve e importante reflexão sobre as publicações que se tornam virais

Poucos dias depois da estreia nos cinemas do filme “Minions”, começou a circular nas redes sociais um boato sobre uma suposta origem nazista dos peculiares bonecos amarelos.

Segundo os rumores, a palavra “minion” seria de origem alemã e significaria “escudeiro”, e faria referência aos experimentos científicos que os nazistas faziam com crianças durante o período do holocausto.

Para reforçar esta ideia, foi divulgada uma fotografia que dava a impressão de confirmar o boato.

Na realidade, a fotografia corresponde a mergulhadores britânicos da Marinha Real.

Para além deste fato e do alcance literalmente mundial que o boato teve, é interessante refletir sobre a credibilidade que muitos dão a publicações que surgem nas redes sociais.

A impressão é de que as coisas publicadas nas redes sociais são consideradas verdadeiras pelo simples fato de “parecerem” verossímeis, e as pessoas não se dão ao trabalho de investigar os fatos, nem minimamente. Enquanto isso, em outros âmbitos da realidade humana (por exemplo, na religião), dá-se uma atitude de confrontação intensa e constante, chegado a argumentações até absurdas e desrespeitosas.

Cabe aqui recordar que as redes sociais facilitaram a difusão do saber, mas, em muitos casos, também a perda de certa capacidade crítica, que não considera imediatamente certas as coisas pelo simples fato de aparecerem em uma plataforma nem sempre fiável, como um perfil do Facebook.

Tags:
Entretenimentonazismo
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia