Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sábado 05 Dezembro |
São Saba
home iconAtualidade
line break icon

Obama afirma na Etiópia que quer manter pressão sobre islamitas somalis

AFP - publicado em 27/07/15

O presidente Barack Obama apelou nesta segunda-feira aos países do leste africano para que combatam os islamitas shebab na Somália, e prometeu que manterá a pressão sobre esses insurgentes, durante sua visita a Etiópia, um sócio-chave de Washington em termos de segurança no Chifre da África.

Na capital etíope Adis Abeba, onde realiza uma visita inédita para um chefe de Estado americano, Obama elogiou o trabalho das tropas regionais da força da União Africana (UA) na Somália (Amisom) para combater os shebab ao lado do exército somali.

A Amisom conta com 20.000 homens da Etiópia, Quênia, Uganda, Djbuti e Burundi.

"Uma das razões que explicam o recuo dos shebab na África Oriental é as equipes regionais (…) com forças locais", declarou o presidente americano em coletiva conjunta com o primeiro-ministro etíope Hailemariam Desalegn.

Os Estados Unidos realizam ataques regulares com drontes contra os islamitas na Somália.

"Não precisamos enviar nossos marines para combater: os etíopes são combatentes suficientemente experientes e os quenianos e ugandeses levam seu trabalho a sério" na Somália, disse Barack Obama, embora reconhecendo que "ainda há trabalho a fazer" contra os insurgentes.

No domingo, quando o presidente americano deixava o Quênia, a primeira etapa desta viagem africana, para a Etiópia, os islamitas shebab realizaram um novo ataque com carro-bomba contra um hotel de Mogadíscio.

A explosão destruiu a fachada do edifício, que abriga as embaixadas da China,Catar e Emirados Árabes Unidos, e matou pelo menos 13 pessoas.

Situação no Sudão do Sul

Assim como no Quênia, a questão da segurança se impôs como tema central em Adis Abeba. Já sobre os direitos humanos, o presidente americano abordou a questão, ressaltando o déficit democrático etíope.

Em termos de direitos humanos na Etiópia, "ainda há trabalho e acredito que o primeiro-ministro é o primeiro a admitir que muito precisa ser feito", declarou.

Adis Abeba é regularmente acusada de pisotear os direitos humanos e silenciar as vozes dissidentes. A coalizão governista, que reina na Etiópia há um quarto de século, acaba de conquistar todos os assentos no Parlamento nas últimas eleições legislativas.

"Eu acredito que, quando todas as vozes podem ser ouvidas, o país fica mais forte, mais bem-sucedido", disse Obama, acrescentando, porém, que o seu país "acredita nas promessas da Etiópia e do seu povo".

Obama também denunciou a contínua deterioração da situação no Sudão do Sul, país mais jovem do mundo devastado por 19 meses de guerra civil.

Os Estados Unidos haviam desempenhado um papel de liderança na obtenção da independência do Sudão do Sul em 2011.

"Infelizmente, a situação continua se deteriorando. A situação humanitária piorou", afirmou, pedindo um acordo de paz entre os beligerantes nas próximas semanas.

"Não temos muito tempo. As condições no terreno pioraram muito. O objetivo é assegurarmos que os Estados Unidos e o IGAD (bloco regional que lidera o processo de paz) estejam alinhados em uma estratégia dirigida a conversações de paz", afirmou ainda.

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
HUG
Dolors Massot
Médico abraça paciente com Covid-19 que chora...
PADRE NO ALTAR DA MISSA
Reportagem local
Missa de Crisma é interrompida por policiais ...
Missa de Crisma
Reportagem local
Arcebispo detona interrupção de Missa: "Ocorr...
BOKO HARAM NIGÉRIA
Francisco Vêneto
Terroristas islâmicos degolam mais de 100 pes...
Bispo brasileiro Dom Antônio Carlos Rossi Keller
Reportagem local
Mais um bispo brasileiro detona: "Autoridades...
Aleteia Brasil
Oração do Advento
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia